Mulheres no RAP: Nosso falar já não será mais proibido No terceiro episódio da Série Mulheres no RAP, Gabriela Juliano conta como o Samba, Soul e RAP no quintal de casa tiveram influência na sua vida

No vídeo, confira como foi que a jovem do Grajaú conheceu o RAP como foi que passou da timidez aos palcos.

Série Mulheres no RAP: Denise Alves conta sobre o GRAJAMINAS, projeto pra emancipar as cantoras da quebrada O segundo episódio da Série mostra o fortalecimento da cena das minas com os projetos que rolam atualmente no Grajaú

A Série Mulheres no RAP é feita de entrevistas com mulheres artistas do Grajaú, sobre as suas histórias, a cena em geral e os projetos que estão rolando

Mina também rima, pode vir pra cima! O Primeiro episódio da Série 'Mulheres No RAP' é com ninguém menos que Dorothy de Souza, uma das primeiras manas no Hip Hop de SP, direto do Grajaú

Veja o primeiro episódio da Série ‘Mulheres no RAP’ com a Dorothy de Souza, que desde os anos 1990, tá na função dos 4 elementos do Hip Hop.

Perifeminas: Mulheres do Extremo Sul de São Paulo discutem gênero dentro e fora de campo Além de disputar campeonatos, o Perifeminas promove o projeto "Em campos : Local de discutir empoderamento feminino e Direitos Humanos"

O time Perifeminas foi criado em 2016, já disputou 3 campeonatos, saiu de um deles por não concordar com o protagonismo masculino fora de campo, e se destaca por ser o primeiro time de São Paulo (que temos registro) a promover rodas de debate com suas jogadoras.

Saúde Sexual e Reprodutiva – Bate-Papo com Irene e Valéria Nessa edição do Bate-Papo, Dandara Mello mostra como os Direitos Sexuais e Reprodutivos são empoderadores para meninas. Consequentemente, eles melhoram a sociedade inteira. Confira:

O Bate-Papo entre Irene e Valéria é uma Reportagem em Memes. Nessa edição, elas aprendem sobre Direitos Sexuais e Reprodutivos com Dandara Mello.

“Ficou grávida porque quis”: depois de tanto ouvir isso, mães solo mandam a real sobre padecer “no paraíso” Documentário "Eu Quero Ouvir Maria" conta histórias de mulheres periféricas que cuidam sozinhas dos filhos, apesar das críticas de uma sociedade patriarcal que isenta os pais de suas responsabilidades

Documentário “Eu Quero Ouvir Maria” conta histórias de mulheres periféricas que cuidam sozinhas dos filhos, apesar das críticas de uma sociedade patriarcal que isenta os pais de suas responsabilidades

“TOP 10 do Whatsapp”: Campanha em escolas do Extremo Sul alerta para difamação de adolescentes nas redes sociais Coletivo Abayomi Aba produziu vídeos que serão utilizados em conversas com adolescentes da região

Jovens e adolescentes do Coletivo Abayomi Aba produziram vídeos que abordam a opressão causada pelo TOP 10 e estão levando a discussão para salas de aula. O tema será destaque no próximo encontro do Coletivo, dia 13 de maio.

É normal sofrer na hora do parto? Um papo necessário entre mulheres da periferia sobre violência no parto, parto humanizado e a importância da informação adequada para nós, mulheres das quebradas

Parir também é um ato político: Um papo necessário entre mulheres da periferia sobre violência no parto, parto humanizado e a importância da informação adequada para nós, mulheres das quebradas

De Trump a Temer, o que aproxima as periferias negras norte-americanas às brasileiras? Em entrevista, Patricia Hill Collins fala sobre a formação do Black Lives Matter, sobre políticas públicas para mulheres negras, a nova onda de movimentos sociais e o papel do jornalismo cidadão no cenário político econômico e social atual

Nós do Periferia em Movimento, do Alma Preta e da Rede de Cursinhos Emancipa, conversamos com Patrícia Hill Collins sobre como as vivências de movimentos feministas negros/periféricos dos Brasil e EUA podem se complementar. Confira!

Visibilidade Trans: Direito para os Ts do LGBT nas quebradas No Dia Nacional da Visibilidade Trans, conheça a resistência transexual e travesti que emerge das periferias

Emprego, moradia, saúde, ir e vir, se relacionar. A população trans têm seus direitos negados diariamente nos centros e também nas periferias. No Dia Nacional de Visibilidade Trans (29/01), conheça projetos que têm levado adiante a resistência de homens e mulheres trans que vivem nas periferias.