Matriarcas

Matriarcas
Periferia em Movimento

Matriarcas: No país da professora Maria Vilani, ela rega perspectivas de futuro com arte e cultura

“Grajaú é o meu país”. Esse é o lema de Maria Vilani, de 69 anos. E não é só porque o distrito localizado no Extremo Sul de São Paulo é o mais populoso da cidade – oficialmente, com mais de 360 mil habitantes –, mas também porque foi nesse chão em que essa cearense natural da capital Fortaleza finca raízes e constrói possibilidades desde 1982.

Veja mais »
Contra o Genocídio
Periferia em Movimento

Matriarcas: Filha do distrito mais negro de SP, Maria Afonso construiu “cidade branca” mas desfrutou pouco

Com 57% de negros entre a população de 146 mil habitantes, Parelheiros é o distrito mais negro da cidade de São Paulo. E aqui, na zona rural paulistana, dona Maria Afonso Garcia passou boa parte da vida morando e trabalhando ainda criança. Em olarias de tijolos, o serviço começava à 01h30 da madrugada e ia até as 18h30. Nos fornos de carvão da região, a jornada era das 06h às 18h.

Veja mais »
Apoie!
Skip to content