NEGROR: Peça itinerante percorre ruas do Capão Redondo e Santo Amaro, na Sul No dia 1º de fevereiro, espetáculo que denuncia o genocídio de jovens negros acontece no período da tarde.

Espetáculo itinerante em homenagem às Mães de Maio percorre a cidade de São Paulo no mês de fevereiro de 2018

#Retrospectiva2017: Mais um ano contando corpos? O genocídio é contínuo, e não seria diferente desta vez. Até quando?

O genocídio é contínuo, e não seria diferente desta vez. Até quando?

Enquadro: o que a Polícia pode ou não pode fazer? Mãos pra trás, cabeça baixa, tem passagem, mexe com droga, circulando... Isso quando não rola assédio, agressão ou até ameaça

Mãos pra trás, cabeça baixa, tem passagem, mexe com droga, sim senhor, não senhor, circulando… Expressões comuns numa abordagem, e que os entrevistados repetiram. Isso quando não rola assédio, agressão ou até ameaça. Apesar de comuns, tais atitudes não podem ser naturalizadas

Em busca de votos, políticos transformam vítimas em monstros Votação de proposta que reduz maioridade penal deve ficar para 2018 e deve virar "bandeira política" em ano de eleições; enquanto isso, Brasil segue com 5ª maior taxa de homicídios de crianças e adolescentes do mundo

Foto: Marcos Oliveira / Agência Senado

Votação de proposta que reduz maioridade penal deve ficar para 2018 e deve virar “bandeira política” em ano de eleições; enquanto isso, Brasil segue com 5ª maior taxa de homicídios de crianças e adolescentes do mundo

Sacerdotes de Umbanda e Candomblé denunciam Brasil por intolerância religiosa Objetivo é responsabilizar Estado brasileiro pelos recentes ataques a centros de religiões afro-brasileiras na Corte Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) da Organização de Estados Americanos (OEA)

Objetivo é responsabilizar Estado brasileiro pelos recentes ataques a centros de religiões afro-brasileiras na Corte Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) da Organização de Estados Americanos (OEA)

Maioridade penal: às vésperas de Senado votar proposta, movimentos fazem ato contra redução Manifestação acontece terça (26/09). Comissão de senadores vota proposta que diminui idade penal dos 18 para os 16 anos na quarta (27/09)

Foto: Edu Graja

Manifestação acontece terça (26/09). Comissão de senadores vota proposta que diminui idade penal dos 18 para os 16 anos na quarta (27/09)

Genocídio e Segurança Pública são tema de discussão na Virada Comunicação Promovido pela Rede Jornalistas das Periferias, evento acontece no dia 16 de setembro e debate jornalismo do ponto de vista das periferias; inscrições gratuitas podem ser feitas pela internet

Encontre o erro: “Menor de idade rouba celular de adolescente”. Ambos têm menos de 18 anos, mas quem é o menor e quem é o adolescente, segundo a manchete publicada em uma mídia on-line? Geralmente, o que determina essa diferenciação no tratamento é um dos fatores (senão todos eles juntos): ser negro, pobre e moradorContinue lendo Genocídio e Segurança Pública são tema de discussão na Virada Comunicação Promovido pela Rede Jornalistas das Periferias, evento acontece no dia 16 de setembro e debate jornalismo do ponto de vista das periferias; inscrições gratuitas podem ser feitas pela internet

Basta de Genocídio! Veja a programação da 2ª Semana de Direitos Humanos de Perus Do dia 26 de junho a 1º de Julho, evento em Perus traz atividades pelo fim do Terrorismo do Estado

A programação da 2ª Semana de Direitos Humanos tem como tema geral: “Basta de Genocídio contra negros, jovens, mulheres, LGBTs, indígenas e pobres.

Mais de 60% dos presos do Brasil são negros: campanha debate racismo e seletividade penal CEDECA Interlagos recebe debate promovido pela campanha #30DiasPorRafaelBraga, que denuncia o racismo estatal a partir do caso da única pessoa detida no período dos protestos de junho de 2013 que foi condenada

CEDECA Interlagos recebe debate promovido pela campanha #30DiasPorRafaelBraga, que denuncia o racismo estatal a partir do caso da única pessoa detida no período dos protestos de junho de 2013 que foi condenada

Genocídio nas Américas: de um país a outro, vítimas do estado têm mesma cor e endereço

No continente americano, que concentra 43 das 50 cidades com as mais altas taxas de homicídios do mundo, as vítimas não têm apenas pouca idade: são em sua maioria descendentes de povos indígenas nativos e de africanos raptados e escravizados por europeus.