Lideranças do Território Indígena Tenondé Porã pedem apoio na resistência contra ameaças violentas

Povo guarani mbya convoca todes para ação de resistência na aldeia Kuaray Oua em resposta a ataques violentos sofridos

Na zona Norte de SP, Coletivo Noroest estreia projeto que celebra cultura hip hop

Projeto promove eventos com ações que estimulam a criatividade, a profissionalização e o intercâmbio entre jovens por meio da dança

Free Fire: Febre entre molecada, game alimenta perspectivas nas periferias

Conversamos com meninos que moram em diferentes lugares das periferias paulistanas e compartilham sonhos parecidos. Para eles, o jogo é uma oportunidade de alcançar seus objetivos

Auxílio Brasil: Governo estabelece valores do benefício, mas mínimo de R$ 400 ainda é promessa

Novo programa criado a toque de caixa inicia pagamentos em 17 de novembro. Entenda!

Com dor da covid e da violência, Cemitério São Luiz vira símbolo de luta por direitos nas periferias

Contra fome, tiro e abandono, Caminhada pela Vida e pela Paz em cemitério da periferia de SP elabora luto coletivo e convoca à luta

Auxílio Brasil: Confuso, programa não garante “amanhã” de famílias vulneráveis e criminaliza pobreza

Programa que substitui Bolsa Família é dividido em 9 modalidades. Governo não explica como se chega aos prometidos R$ 400 por mês

No candomblé, tudo é contato: Com avanço da vacinação, terreiros reabrem para comunidade

Recebides com um abraço forte e afetuoso, acompanhamos a volta dos encontros presenciais em um ilê de Embu-Guaçu

Perdi o emprego – e o rumo também. O que faço agora?

Após a perda de um emprego, se enxergar sem valia pode causar desconforto social, doenças como ansiedade e depressão, além da vulnerabilidade para se manter financeiramente

Encontros virtuais debatem racismo ambiental, democracia e saúde mental na pandemia

Os próximos dias serão marcados por atividades de alcance local e global: a Caminhada pela Vida e pela Paz, na zona Sul de SP; e a Conferência sobre Mudanças Climáticas (COP26), na Escócia

Crianças são mortas em casa. Adolescentes, na rua. Nos últimos 5 anos, mais de 2,3 mil morreram de forma violenta no Estado de SP

Entre 2016 e 2020, total de vítimas até 19 anos chegou a 35 mil em todo País

CAIU TUDO POR AÍ?

Siga a gente no Twitter!

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: