Família Trindade é homenageada no aniversário da Roda de Estudos Afro-brasileiros do Grajaú No dia 26 de novembro, CAPS Grajaú homenageia o clã de artistas que fincou raízes em Embu das Artes (SP) e contribui para o resgate das culturas negras na Grande São Paulo. Confira a cobertura do Periferia em Movimento no dia!

No dia 26 de novembro, CAPS Grajaú homenageia o clã de artistas que fincou raízes em Embu das Artes (SP) e contribui para o resgate das culturas negras na Grande São Paulo. Confira a cobertura do Periferia em Movimento no dia!

Dandaras e Zumbis do Grajaú: lutas históricas permanecem urgentes na quebrada Espetáculo da Cia Humbalada de Teatro​ com outros grupos e artistas da região aborda questões de raça, classe e gênero no território

Foto: Thiago Borges / Periferia em Movimento

Espetáculo da Cia Humbalada de Teatro​ com outros grupos e artistas da região aborda questões de raça, classe e gênero no território. Confira vídeo, fotos e relato sobre a peça

Festival Pangeia: América do Sul se encontra no Grajaú Desde o dia 18 de outubro, uma série de atividades com a participação de artistas brasileiros e imigrantes promove as culturas sul-americanas no Extremo Sul de São Paulo. Confira o vídeo

(Foto: coletivo Quebramu

Desde o dia 18 de outubro, uma série de atividades com a participação de artistas brasileiros e imigrantes promove as culturas sul-americanas no Extremo Sul de São Paulo. Confira o vídeo

Graffiti Fine Art faz intercâmbio entre artistas brasileiros e estrangeiros no Jardim Ângela Entre os dias 25 e 27 de outubro, artistas se encontram no CEU Vila do Sol, onde vão pintar murais e a fachada do teatro do espaço

Entre os dias 25 e 27 de outubro, artistas se encontram no CEU Vila do Sol, onde vão pintar murais e a fachada do teatro do espaço

Movimento Cultural das Periferias lança carta de compromisso a candidatos em SP Movimento responsável por articular a aprovação da Lei de Fomento às Periferias apresenta reivindicações da cultura a quem pleiteia cargos na Prefeitura e na Câmara de Vereadores; confira

Movimento responsável por articular a aprovação da Lei de Fomento às Periferias apresenta reivindicações da cultura a quem pleiteia cargos na Prefeitura e na Câmara de Vereadores; confira

Rede Jornalistas das Periferias é lançada oficialmente no encerramento da FELIZS Neste sábado, rede que reúne 10 iniciativas de mídia livre nas quebradas de São Paulo se apresenta para o público da Feira Literária da Zona Sul, no Campo Limpo; confira a programação do evento

Neste sábado, rede que reúne 10 iniciativas de mídia livre nas quebradas de São Paulo se apresenta para o público da Feira Literária da Zona Sul, no Campo Limpo; confira a programação do evento

Grajaú, território de artistas Com vídeo, mapa virtual e zine, produção multimídia revela diversidade de manifestações e espaços culturais no Extremo Sul de São Paulo

Com vídeo, mapa virtual e zine, produção multimídia revela diversidade de manifestações e espaços culturais no Extremo Sul de São Paulo. Confira!

FELIZS: duas semanas de atividades culturais em feira literária nas quebradas da Sul Criada pelo coletivo Sarau do Binho, a segunda edição da Feira Literária da Zona Sul espera alcançar 9 mil pessoas em 12 dias de atividades em espaços públicos do Campo Limpo, Jardim São Luiz e Capão Redondo

Criada pelo coletivo Sarau do Binho, a segunda edição da Feira Literária da Zona Sul espera alcançar 9 mil pessoas em 12 dias de atividades em espaços públicos do Campo Limpo, Jardim São Luiz e Capão Redondo

“Nenhum direito a menos”: Grajaú se mobiliza contra efeito-Temer Artistas, coletivos, movimentos e população em geral planejam ações para continuar resistindo por direitos

Foto: Paulo Henrique Sant'Anna

Artistas, coletivos, movimentos e população em geral planejam ações para continuar resistindo por direitos

CAPS Grajaú: 26 anos de luta pelo direito à cultura “São 26 anos de coragem de lutar pelo que nos torna humanos. E o que marca nessa caminhada é o fato de que nós não estamos sozinhos", diz Maria Vilani, uma das fundadoras

“São 26 anos de coragem de lutar pelo que nos torna humanos. E o que marca nessa caminhada é o fato de que nós não estamos sozinhos”, diz Maria Vilani, uma das fundadoras do Centro de Arte e Promoção Social