Apenas 06 famílias controlam 77% dos busões de São Paulo

Pesquisa aponta que, nas últimas 04 décadas, a concentração de capital aumentou no sistema de ônibus paulistano nas últimas décadas – inclusive entre empresas oriundas das antigas cooperativas

Tarifa alta e corte de linhas de ônibus: “A estratégia é desconectar a periferia”

Com desemprego e reforma trabalhista, o transporte sobe acima do salário mínimo. E a Prefeitura ainda quer cortar mais de uma centena de linhas de ônibus na cidade. Confira a lista das linhas que serão extintas no Extremo Sul

Rotina coletiva: e se você não precisasse atravessar a cidade todo dia?

Quem vive em São Paulo passa em média 3 horas por dia no transporte público. Isso poderia ser diferente se houvesse uma política de desenvolvimento econômico das periferias

Rotina coletiva: um retrato do transporte público

Na primeira parte da reportagem especial sobre Mobilidade e Desenvolvimento Econômico, apresentamos dados sobre o sistema na cidade de São Paulo – e, em especial, da região Extremo Sul

Irene & Valéria: “Vou de bike”

No bate-papo entre as amigas inseparáveis, Valéria apresenta pra Irene um universo de possibilidades e cuidados pra viver a cidade sobre duas rodas

Bike é Liberdade!

Acompanhamos o trajeto de uma ciclista da periferia de casa até o trabalho. Confira o vídeo!

Trânsito fora do radar

Depois de enfrentar, de ônibus, moto ou carro, o trânsito nas grandes vias altamente monitoradas, fiscalizadas e planejadas, os periféricos ainda têm que lidar com dificuldades em seus bairros

Pedalar ou não pedalar? Um dilema entre economia, saúde e segurança

Com poucas ciclovias, quem mora no Extremo Sul tem que pesar os prós e os contras ao utilizar a bike como meio de transporte: vale a pena correr o risco de pedalar em avenidas perigosas para poupar grana e ter benefícios na saúde?

Bike na Quebrada: o que a lei garante pra quem pedala em São Paulo?

Começamos a série “Bike na Quebrada” com uma reportagem stopmotion sobre a legislação e os planos que buscam assegurar os direitos de ciclistas em São Paulo. Mas será que tá rolando?

Por que o Passe Livre em São Paulo ainda não é suficiente?

O Passe Livre restringe o estudante com baixa renda a apenas duas viagens por dia com períodos de duas horas, apenas nos meses em que tem aulas. Não é, nem de longe, o cenário de incentivo ao ensino, cultura, ou de direito à cidade.

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: