Editoras periféricas botam na rua livros e sonhos de quem escreve na quebrada

O mercado editorial nas periferias faz parte de um movimento maior de fortalecimento de um circuito literário próprio

Na pandemia, pequenos negócios são uma alternativa para mulheres periféricas

O número de mulheres que começaram a empreender cresceu 40% durante a pandemia, segundo estudo. Mas o dado não é tão animador quanto parece

Em “esquenta” virtual, Feira Literária da Zona Sul faz intercâmbios culturais

Na última reportagem da série “Cultura à Distância”, falamos como a Felizs se adaptou para promover a literatura na quebrada na pandemia

Eventos debatem agroecologia urbana e alimentação orgânica nas periferias

Nesta semana, a Uneafro faz diálogo sobre agroecologia como estratégia antirracista e o Festival Quebrada Orgânica envia “box” interativo

O alimento como presente: Chave para gerar trabalho e renda

Na 6ª e última reportagem da série Fortalece Quebrada, destacamos pequenos negócios que transformam a alimentação em ocasião especial. Confira!

Marcas de roupas periféricas expressam valorização da própria identidade

Em um ano marcado pela pandemia, a pauta antirracista ganha força, multiplica os debates e deságua em formas de expressão: a moda é uma delas.

Por isso, destacamos marcas de roupas periféricas na 5ª reportagem da série Fortalece Quebrada.

Para além das urnas: Movimentos fazem política no cotidiano

Com o fim da campanha eleitoral e a pandemia em curso com outros problemas históricos, quais são as prioridades de quem faz política no dia a dia?

Mulheres pretas criam pequenos negócios de autocuidado na periferia de SP

Os empreendimentos Yabas, Yoga di Quebrada e Dança Afro com Paula da Paz se propõem promover a qualidade de vida nas periferias. Conheça!

Do prato ao livro: Alimentos para corpo e alma em meio às dificuldades

Pão, proteção, poesia e plantio: os 4 Ps que simbolizam a luta pelo bem viver nas periferias, na visão dos educadores Tião Rocha e Cris Lima

Krenak: “É mais fácil imaginar o fim do mundo que o fim do capitalismo”

Na Feira Literária da Zona Sul (FELIZS), líder indígena e escritor aponta que da terra emerge a poesia que fomenta a criação de novos mundos

ALERTA! Coronavírus e as quebradas

Confira nossa cobertura

Apoie nossa cobertura jornalística

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: