Dos brechós às marcas locais, quebrada reinventa moda e hábitos de consumo

Confira a reportagem especial

Matriarcas: Em Marsilac, a agricultora Maria do Carmo planta com suor e respeito para colher saúde e sustento pra família

Texto por Thiago Borges. Idealização, pesquisa e reportagem por Lucimeire Juventino. Roteiro: Thiago Borges. Edição de vídeo por Pedro Ariel Salvador Na borda da cratera de Colônia, aonde 36 milhões de anos atrás caiu um meteoro, fica o sítio de Maria do Carmo Firmino. Aqui, há 40 anos ela planta alface, quiabo, coentro e brócolis […]

Rota do Cambuci e mais 03 rolês do Extremo Sul de SP pra colar no fim de semana

Já sabe o que vai fazer na folga entre sábado e domingo?

Perrengues, aprendizados e conquistas de quem empreende na quebrada

Conheça as histórias dos Pastéis da Val, da grife V.O.S. Estilo de Rua e da editora e livraria Filoczar

Ampliando saberes: Vivências abordam teatro, narrativas e moda nas periferias, além de empreendedorismo ambiental e residência artística

Mesclando saberes ancestrais e novas tecnologias, as periferias produzem conhecimento

“Meu nome é Correria”: da luta por direitos à geração de renda, articuladores fomentam redes periféricas

Trabalhadores, militantes, educadores, artistas, empreendedores… Muitas palavras cabem na definição do que fazem os personagens acima. Mas a mais certeira é a de “articulador”, central para transformar a realidade.

Matriarcas: Filha do distrito mais negro de SP, Maria Afonso construiu “cidade branca” mas desfrutou pouco

Com 57% de negros entre a população de 146 mil habitantes, Parelheiros é o distrito mais negro da cidade de São Paulo. E aqui, na zona rural paulistana, dona Maria Afonso Garcia passou boa parte da vida morando e trabalhando ainda criança. Em olarias de tijolos, o serviço começava à 01h30 da madrugada e ia até as 18h30. Nos fornos de carvão da região, a jornada era das 06h às 18h.

Movimentos voltam às ruas contra Reforma da Previdência. Saiba por quê

Câmara dos Deputados deve votar proposta nesta semana. Entenda

#QuebradaGourmet: Primeiro restaurante mexicano do Jardim Romano traz rua no nome

Nem só de passinho vive o Jardim Romano. Conheça um restaurante com produtos originais do México na quebrada

#QuebradaGourmet: No Capão, Hamburgueria Maché trabalha autoafirmação da quebrada

Pioneira no bairro, a Maché ilustra o boom das hamburguerias artesanais em quebradas

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: