“Meu nome é Correria”: da luta por direitos à geração de renda, articuladores fomentam redes periféricas

Trabalhadores, militantes, educadores, artistas, empreendedores… Muitas palavras cabem na definição do que fazem os personagens acima. Mas a mais certeira é a de “articulador”, central para transformar a realidade.

Matriarcas: Filha do distrito mais negro de SP, Maria Afonso construiu “cidade branca” mas desfrutou pouco

Com 57% de negros entre a população de 146 mil habitantes, Parelheiros é o distrito mais negro da cidade de São Paulo. E aqui, na zona rural paulistana, dona Maria Afonso Garcia passou boa parte da vida morando e trabalhando ainda criança. Em olarias de tijolos, o serviço começava à 01h30 da madrugada e ia até as 18h30. Nos fornos de carvão da região, a jornada era das 06h às 18h.

Pense Grande Sua Quebrada: Concurso Cultural premia fotografias de quem transforma periferias de SP

Você conhece grupos, coletivos ou organizações que ajudam a resolver problemas sociais na quebrada onde mora? Pois esse é o foco do primeiro Concurso Cultural Pense Grande Sua Quebrada, que traz como tema “Fotografe quem transforme sua quebrada”. A partir desta terça-feira (03 de setembro), jovens de 15 a 29 anos que moram em regiões […]

Sonhos de Juventude: a crença no futuro em meio ao presente de dúvidas

Reportagem que faz parte do projeto #NoCentroDaPauta

#QuebradaGourmet: Bistrô Mãos de Marias fortalece mulheres em Paraisópolis

Conheça iniciativa de Associação de Moradores

Movimentos voltam às ruas contra Reforma da Previdência. Saiba por quê

Câmara dos Deputados deve votar proposta nesta semana. Entenda

#QuebradaGourmet: Delivery de caldos é patrimônio da Serra da Cantareira

Inverno taí, e que tal se aquecer com um caldo? Com a casa aberta há 05 anos, 90% dos caldos do Ari são entregues em casa

Greve Geral: a adesão das quebradas de São Paulo

Confira a cobertura das manifestações de 14 de junho de 2019

#QuebradaGourmet: Numa laje do Capão Redondo, Casa da Feijoada é referência

Sábado é o dia nacional de comer feijoada. E no Capão, é a única opção no cardápio de um restaurante ícone da quebrada.

#QuebradaGourmet: Com mais de 30 sabores, Pizzaria Felipo começou como mercearia na M’Boi Mirim

Fundada em 1991 pelo argentino Carlos Barbosa, a casa começou como mercearia, migrou para pizzaria

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: