Greve Geral: a adesão das quebradas de São Paulo

Confira a cobertura das manifestações de 14 de junho de 2019

Cortar na educação é aprofundar desigualdades, diz professor periférico de universidade federal da Zona Leste

O sujeito periférico é o indivíduo nascido e criado em uma periferia e que, a partir do entendimento dessa condição social e influência de ações culturais (do RAP aos saraus), passa a agir politicamente pra mudar sua própria realidade. Isso é o que defende a tese de Tiaraju Pablo D’Andrea, 39 anos, ele mesmo um “sujeito periférico” que agora age contra os cortes do governo de Jair Bolsonaro na educação.

Greve da educação: Como os cortes de Bolsonaro afetam as periferias?

Estudantes e pesquisadores com origens nas bordas da cidade estão na universidade pública com objetivo de devolver o conhecimento obtido para as quebradas. Mas temem pelas medidas do governo Bolsonaro

Como a Reforma da Previdência afeta quem vive nas periferias?

Idade mínima de 62 a 65 anos para se aposentar, contribuição por 40 anos para receber 100% do valor… Se você mora em uma periferia de São Paulo, vai conseguir sobreviver até a aposentadoria nas regras propostas por Bolsonaro?

Evangélicos e defensores de direitos humanos debatem igrejas e política no Brasil

Atividade promovida pelo projeto Usina de Valores acontece nesta quarta-feira (31 de outubro) e inicia campanha por “40 dias de oração e serviço pelos direitos humanos”

Xepa eleitoral: sonhos, necessidades e o que as urnas têm a ver com isso

A gente colou em uma feira livre do Grajaú pra saber a percepção da população sobre as eleições 2018 e suas expectativas. Confira no vídeo!

Artistas do Grajaú resistem pela vida e contra Bolsonaro

No sábado (27/10), cortejo artístico percorre ruas do distrito mais populoso de São Paulo e termina às margens da Billings. O Periferia em Movimento participa do ato e assina manifesto

Coletivos do Jardim São Luís marcham contra Bolsonaro

Com cortejo de maracatu e bloco de carnaval, grupo sai às ruas na noite desta quarta-feira (24/10)

Movimentos debatem fascismo no Brasil racista; e no sábado, novo ato #EleNão

Debate de militantes negros acontece nesta quinta (18/10), enquanto dois dias depois mulheres voltam às ruas

No Centro de São Paulo: Homenagem a Mestre Moa do Katendê

Ato acontece uma semana após o capoeirista ser assassinado por motivações políticas

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: