Tranquilo e favorável? Um breve balanço do ano que se encerra Por ora, vamos fazer uma pausa mas voltamos logo. Afinal, a luta continua e desistir nunca foi opção

Por ora, vamos fazer uma pausa. Você acompanha aqui nossa retrospectiva. E voltamos logo. Afinal, a luta continua e desistir nunca foi opção

#Memória2016: Contra o oligopólio das comunicações, democratização da mídia na prática Em 2016, publicamos mais de 60 reportagens, 20 vídeos e 400 notas, além de realizarmos mais de 350 horas de encontros de aprendizagem com mais de 700 pessoas. Saiba como participar em 2017!

Em 2016, publicamos mais de 60 reportagens, 20 vídeos e 400 notas, além de realizarmos mais de 350 horas de encontros de aprendizagem com mais de 700 pessoas. Saiba como participar em 2017!

Navegando Livre no Extremo: internet e mídia em debate no Grajaú

Sábado tem exibição do documentário Freenet. E no domingo, tem debate sobre mídias livres na quebrada. Estaremos lá! 😉

Quem decide qual informação chega ou não até você? Juventude, mídia e as quebradas: apesar da liberdade de expressão ser um direito, a grande mídia pouco fala da gente e a gente não pode falar na grande mídia

Juventude, mídia e as quebradas: apesar da liberdade de expressão ser um direito, a grande mídia pouco fala da gente e a gente não pode falar na grande mídia

Café Filosófico discute o Papel da Midia no cenário brasileiro

Uma rede de televisão consegue ter mais influência entre os jovens do que seus educadores? Vem debater na Casa de Cultura do M’Boi Mirim!

#Memória2015: Contra o oligopólio das comunicações, democratização da mídia na prática

Em 2015, lançamos um novo site com alcance mensal de 40 mil pessoas. Além disso, realizamos mais de 200 horas de cursos, oficinas, palestras e vivência, com participação direta de mais de 700 pessoas. Saiba como fazer parte disso em 2016!

Expressão da Quebrada: Juventude ativa na luta por direitos

Os jovens repórteres da quebrada do Extremo Sul de São Paulo explicam os direitos comuns a todos nós e apresentam os conteúdos produzidos a partir de entrevistas com militantes da região.

Transparência midiática e juventude negra

Reportagem do coletivo Alma Preta questiona como a imprensa brasileira hegemônica tem tratado a redução da maioridade penal, tema delicado à juventude negra