Dia do Índio pra quem? Nesta quarta (19 de abril), povo Guarani Mbya do Extremo Sul debate resistência indígena no CEDECA Interlagos

Nesta quarta (19 de abril), povo Guarani Mbya do Extremo Sul debate resistência indígena no CEDECA Interlagos

516 anos de golpe Não é de hoje que os Guarani Mbya estão na resistência. No governo Dilma (PT), foram enrolados até conquistar com muita luta o reconhecimento de suas terras no Extremo Sul de São Paulo. Mas a mudança para o governo do golpista Michel Temer acende um alerta com a possibilidade de novos ataques aos direitos dos povos originários

Dilma só reconheceu as terras dos Guarani Mbya no Extremo Sul de São Paulo aos 45′ do segundo tempo de seu governo. E agora, com o golpista Temer no poder, os indígenas se preparam para resistir a possíveis novos ataques