Perfil

15/07/2021

“Eu não vou passar perrengue!”: O cotidiano pandêmico de um artista de rua LGBTQIA+ na periferia de SP

Israel de Lima Barbosa faz da represa Billings o palco principal onde representa personagens, vende doces, estabelece relações e procura sobreviver à crise que afeta a todes, mas de forma desigual
Apoie!
Skip to content