Aos 55 anos, morre o educador José Soró

Confira na reportagem do Alma Preta

Matriarcas: No país da professora Maria Vilani, ela rega perspectivas de futuro com arte e cultura

“Grajaú é o meu país”. Esse é o lema de Maria Vilani, de 69 anos. E não é só porque o distrito localizado no Extremo Sul de São Paulo é o mais populoso da cidade – oficialmente, com mais de 360 mil habitantes –, mas também porque foi nesse chão em que essa cearense natural da capital Fortaleza finca raízes e constrói possibilidades desde 1982.

Ampliando saberes: Vivências abordam teatro, narrativas e moda nas periferias, além de empreendedorismo ambiental e residência artística

Mesclando saberes ancestrais e novas tecnologias, as periferias produzem conhecimento

UniGraja promove encontros sobre sustentabilidade e primeira infância na quebrada

Encontros acontecem nos dias 19 e 23/09. Confira!

Saiba onde aprender sobre agroecologia, anarquismo periférico e Hip Hop na luta contra o racismo

Produção de fanzines, desenhos e uso do celular também estão na lista!

Exposição de artistas LGBTQNP+ e encontros de poesia marcam fim de semana no Extremo Sul

Confira a seleção de atividades que fizemos!

Sonhos de Juventude: a crença no futuro em meio ao presente de dúvidas

Reportagem que faz parte do projeto #NoCentroDaPauta

De que forma a cor da pele afeta o acesso à escola?

O Brasil levou 30 anos para que a proporção de negros com ensino básico completo fosse igual ao patamar que a população branca já tinha atingido em 1980.

Festival no Grajaú, grafitaço em Parelheiros e mais 03 rolês no fim de semana

Para ampliar os saberes, apreciar manifestações artísticas e construir um futuro ancestral

Matriarcas: No bairro das mães solo, Marina Amparo adotou 58 crianças para dar uma família a elas

Conheça a história de Dona Marina Amparo

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: