Coronavírus: Como lidar com a angústia da pandemia?

Confira as orientações da psicóloga Ester Maria Horta

O que as quebradas da zona Sul de São Paulo podem ensinar sobre preservação ambiental?

Na semana do Dia Mundial da Água, trazemos histórias de comunidades nos extremos da cidade ralam para gerar renda e cuidar do meio ambiente.

Poeta da quebrada inaugura casa e agência literária na Zona Leste de São Paulo

Casa Poética é inaugurada neste sábado (07/03), em Ermelino Matarazzo

A cura vem do mar

Crítica do espetáculo “Kalunga Grande” feita por Nayla Aauri

Matriarcas: No país da professora Maria Vilani, ela rega perspectivas de futuro com arte e cultura

“Grajaú é o meu país”. Esse é o lema de Maria Vilani, de 69 anos. E não é só porque o distrito localizado no Extremo Sul de São Paulo é o mais populoso da cidade – oficialmente, com mais de 360 mil habitantes –, mas também porque foi nesse chão em que essa cearense natural da capital Fortaleza finca raízes e constrói possibilidades desde 1982.

“Faca Fake”, da banda Aláfia, e mais 10 lançamentos musicais da quebrada pra ouvir agora

Músicas que versam da política atual ao genocídio. Confira!

Matriarcas: No bairro das mães solo, Marina Amparo adotou 58 crianças para dar uma família a elas

Conheça a história de Dona Marina Amparo

Greve Geral: a adesão das quebradas de São Paulo

Confira a cobertura das manifestações de 14 de junho de 2019

05 encontros pra saber mais sobre: direitos humanos, saúde mental, economia, teatro e carnaval

Confira a seleção e participe!

APOIE! Periferia em Movimento lança financiamento recorrente

Contribua a partir de R$ 5 com a Periferia em Movimento

ALERTA! Coronavírus e as quebradas

Confira nossa cobertura

Apoie nossa cobertura jornalística

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: