A cura vem do mar

Crítica do espetáculo “Kalunga Grande” feita por Nayla Aauri

Matriarcas: No país da professora Maria Vilani, ela rega perspectivas de futuro com arte e cultura

“Grajaú é o meu país”. Esse é o lema de Maria Vilani, de 69 anos. E não é só porque o distrito localizado no Extremo Sul de São Paulo é o mais populoso da cidade – oficialmente, com mais de 360 mil habitantes –, mas também porque foi nesse chão em que essa cearense natural da capital Fortaleza finca raízes e constrói possibilidades desde 1982.

“Faca Fake”, da banda Aláfia, e mais 10 lançamentos musicais da quebrada pra ouvir agora

Músicas que versam da política atual ao genocídio. Confira!

Matriarcas: No bairro das mães solo, Marina Amparo adotou 58 crianças para dar uma família a elas

Conheça a história de Dona Marina Amparo

Greve Geral: a adesão das quebradas de São Paulo

Confira a cobertura das manifestações de 14 de junho de 2019

05 encontros pra saber mais sobre: direitos humanos, saúde mental, economia, teatro e carnaval

Confira a seleção e participe!

APOIE! Periferia em Movimento lança financiamento recorrente

Contribua a partir de R$ 5 com a Periferia em Movimento

1º de Maio: A Reforma da Previdência e o que é ser trabalhadora

Confira a análise de Helena Silvestre

#Matriarcas: Da vontade de estudar, ela lutou por escolas e virou professora

Conheça a história da professora Maria da Glória

Inscreva-se: Editais selecionam banda de mulheres e jovens escritores

Saiba como participar dos concursos

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: