Vila Prudente luta por moradia

Por Cesar Gouveia, do Vozes das Comunidades da Vila Prudente Há pouco mais de um mês, no dia 16 de setembro, a desocupação de um prédio na avenida São João chamou atenção de toda a cidade por conta do confronto entre a Polícia Militar e os ocupantes. Mas a questão da moradia é uma realidade presente emContinue lendo Vila Prudente luta por moradia

Por moradia, famílias do Grajaú ocupam CDHU e Secretaria da Habitação

“Nossa luta não cabe nas urnas”, dizia uma faixa erguida entre a manhã e a tarde desta quarta-feira (10 de setembro) em frente ao emblemático edifício Martinelli, no centro de São Paulo, onde está localizada a Secretaria Municipal de Habitação (Sehab) da Prefeitura. Cientes de que a falta de teto não será resolvida independente do resultadoContinue lendo Por moradia, famílias do Grajaú ocupam CDHU e Secretaria da Habitação

Morro do Piolho: metro quadrado de região da favela que pegou fogo triplicou em seis anos

Do Centro de Mídia Independente (CMI) Por volta das 21h de domingo um foco de incêndio se iniciou no Morro do Piolho. Os bombeiros chegaram rapidamente ao local por ter uma base ali próxima, porém, os moradores relataram que as primeiras viaturas chegaram sem água. Junto com os bombeiros chegou ao local a Polícia Militar,Continue lendo Morro do Piolho: metro quadrado de região da favela que pegou fogo triplicou em seis anos

“Viela G Casa 3″ mostra remoção de famílias em comunidade no Jd. Aeroporto às vésperas da Copa

Às vésperas da Copa, obras do Governo de São Paulo para a do Monotrilho se tornaram um processo doloroso para uma comunidade local

“Vejo uma luz no fim do túnel para a questão da moradia”, diz Raquel Rolnik, ex-relatora da ONU

Foto MTST Itaquera, Jardim Ângela, Osasco, Grajaú… Depois de acordar São Paulo com manifestações em diversos pontos da capital na semana passada (dia 15), o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) deve parar a cidade novamente nesta quinta-feira (22) e até durante a Copa do Mundo, se necessário, conforme prometeu o coordenador do movimento Guilherme Boulos. Marcado para asContinue lendo “Vejo uma luz no fim do túnel para a questão da moradia”, diz Raquel Rolnik, ex-relatora da ONU

A menos de 3km do estádio da Copa, milhares de famílias ocupam terreno e reivindicam moradia

Pelo MTST, visto no site Outras Palavras Na noite de 2/5 centenas de famílias organizadas pelo MTST ocuparam um terreno que estava abandonado há anos em Itaquera. Nos dois dias seguintes, a ocupação recebeu cerca de 2 mil famílias que estavam em condições precárias de moradia na região. São trabalhadores do Jardim Helian, Gleba do Pêssego e JardimContinue lendo A menos de 3km do estádio da Copa, milhares de famílias ocupam terreno e reivindicam moradia

Aluguel caro expulsa imigrantes do centro para as periferias

Para se manterem próximos uns dos outros, imigrantes criam colônias de solidariedade nos lugares onde se fixam. Em São Paulo, são vários os redutos: na Liberdade, estão os orientais; na Moóca e no Bixiga, os italianos; na Vila Zelina, os povos do leste europeu; na região da 25 de Março, os árabes; em Higienópolis, osContinue lendo Aluguel caro expulsa imigrantes do centro para as periferias

Luta na ocupação Jardim da União

Por Isabel Harari e Roberto Oliveira, em especial da Revista Vaidapé para Agência Carta Maior  Foto Vinicius Pereira Emily, Jéssica e Vitória encontram um barraco vazio, quase no limite do terreno, já com mato crescendo nos cantos. As meninas, de 8, 12 e 11 anos respectivamente, resolveram ocupá-lo. Conversaram com o proprietário anterior, que já havia ido embora doContinue lendo Luta na ocupação Jardim da União

Ocupação Nova Palestina, uma cidade sem teto

Por Isabel Harari e Roberto Oliveira, especial da Agência Vaidapé para Carta Maior Clodoaldo Santos Costa acorda todos os dias às 7h e sai para buscar água para a cozinha coletiva do G3, maior grupo, com mais de mil barracos, da ocupação Vila Nova Palestina. Sem isso, não há café da manhã. Quando ele voltaContinue lendo Ocupação Nova Palestina, uma cidade sem teto

Após enchente no córrego Pirajuçara, moradores questionam manutenção de bombas

Por Joseh Sillva, no Observatório Popular de Direitos Moradores do Jardim Maria Sampaio, Campo Limpo, zona Sul  de São Paulo, tiveram sua casas atingidas uma por violenta enchente no dia 22 de janeiro. A chuva levou móveis, eletrodomésticos, roupas, veículos, documentos e objetos pessoais e casas inteiras. Mas evidenciou a questão: será que a manutençãoContinue lendo Após enchente no córrego Pirajuçara, moradores questionam manutenção de bombas