Narrativas audiovisuais que tocam nossa subjetividade: Reportagens em vídeo aprofundam nossa compreensão

Narrativas audiovisuais que tocam nossa subjetividade: Reportagens em vídeo aprofundam nossa compreensão

Da moradia ao candomblé, contamos histórias por aqui: Confira as séries e reportagens em vídeo que produzimos em 2022!

Compartilhe!

Com a união entre áudio e imagem, as reportagens em vídeo possibilitam ampliar as camadas de abordagem de um mesmo assunto e permitem que o público tenha uma compreensão maior do que está sendo abordado. Ao longo de 2022, a Periferia em Movimento produziu alguns conteúdos no formato com intuito de imergir em algumas temáticas.

Dessa forma, produzimos a série “Aonde mora o afeto?”, que trouxe a abordagem sobre direito à moradia a partir de 3 histórias diferentes:

Explicamos o que é o medley na cultura funk com jovens que desenvolvem seu talento artístico em rodas de rima nas quebradas:

Também produzimos uma reportagem especial sobre pessoas brancas nas perifeiras, suas vantagens e o papel que devem exercem na luta antirracista:

Para falar do racismo religioso contra praticantes de religiões de matrizes africanas, entrevistamos crianças de um terreiro na zona Norte de São Paulo:

E trouxemos novamente a infância para uma reportagem sobre o impacto da pandemia nos processos de desenvolvimento de crianças atípicas:

No fim do ano, contamos a história de uma professora universitária do Extremo Sul de São Paulo que mobiliza estudantes e comunidade no monitoramento da qualidade da água de um córrego:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe:

Compartilhe:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Comente usando o facebook

Compartilhe:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Comente usando o facebook

Nosso manifesto:

Nossas redes sociais:

Notícias recentes:

Confira também

Posts relacionados

Apoie!
Pular para o conteúdo