“O não-indígena acha que não tem índios em SP” Para o educador guarani Karaí Poty, a visão só vai mudar quando os próprios indígenas puderem dar aula sobre sua história

Para Karaí Poty, educador Guarani Mbya, a visão só vai mudar quando os próprios indígenas puderem dar aula sobre sua história

516 anos de golpe Não é de hoje que os Guarani Mbya estão na resistência. No governo Dilma (PT), foram enrolados até conquistar com muita luta o reconhecimento de suas terras no Extremo Sul de São Paulo. Mas a mudança para o governo do golpista Michel Temer acende um alerta com a possibilidade de novos ataques aos direitos dos povos originários

Dilma só reconheceu as terras dos Guarani Mbya no Extremo Sul de São Paulo aos 45′ do segundo tempo de seu governo. E agora, com o golpista Temer no poder, os indígenas se preparam para resistir a possíveis novos ataques

É o clima: O que as quebradas e aldeias têm a ver com a COP 21?

(Foto: Paulo Pereira)

A partir da próxima segunda (30), representantes de governos e da sociedade civil de países de todo o mundo se encontram em Paris para discutir ações para frear as mudanças climáticas no planeta durante a 21ª Conferência do Clima ( COP 21 ) das Nações Unidas. Tá, e daí? E daí, que os principais prejudicadosContinue lendo É o clima: O que as quebradas e aldeias têm a ver com a COP 21?

“Agosto Indígena”: Mostra exibe filmes com temática indígena no Centro de São Paulo

A partir desta quarta (05 de agosto) até dia 19, o Cine Olido recebe uma mostra de cinema em 23 sessões com programação dedicada à temática indígena

Reportagem coletiva: Indígenas guaranis noticiam o que acontece na aldeia Tenondé Porã

Durante a oficina de jornalismo realizada pelo Periferia em Movimento, moradores da aldeia Tenondé Porã entrevistaram outros guaranis sobre a vida na comunidade.