Moradores deixam ocupação no Grajaú, mas seguem lutando por teto Enquanto o País tentava dormir após mais um escândalo envolvendo Temer e Aécio, moradores da ocupação iniciavam uma vigília que duraria a noite inteira. Afinal, na manhã seguinte aconteceria a reintegração de posse do terreno

Enquanto o País tentava dormir após mais um escândalo envolvendo Temer e Aécio, moradores da ocupação iniciavam uma vigília que duraria a noite inteira. Afinal, na manhã seguinte aconteceria a reintegração de posse do terreno

Pelo direito à moradia, ocupação Aristocrata se expande e resiste Moradores ocuparam um segundo terreno dias antes da Reintegração da área onde estão há quatro anos no Grajaú.

Moradores ocuparam um segundo terreno dias antes da Reintegração da área onde estão há quatro anos no Grajaú.

[ATUALIZADO] Greve Geral: Periferias marcham contra “reformas” Trabalhista e da Previdência Grajaú, Parelheiros, Jardim Ângela, Jardim São Luís... Marchas saem de diferentes pontos do Extremo Sul e se encontram no Largo do Socorro; confira como foram os atos

No Extremo Sul de São Paulo, mobilizações contra mudanças nas regras da aposentadoria e retirada de direitos trabalhistas começaram na véspera de grande dia de paralisação

Greve Geral: Movimentos do Extremo Sul marcham contra “reformas” do Governo Temer Já na quinta-feira (27 de abril), moradores da ocupação Jardim da União fazem rodas de conversa com a população e montam acampamento em avenida importante da região. Na sexta (28 de abril), dia da Greve Geral, manifestantes se unem com outros grupos da Zona Sul

Foto: Thiago Borges / Periferia em Movimento

Já na quinta-feira (27 de abril), moradores da ocupação Jardim da União fazem rodas de conversa com a população e montam acampamento em avenida importante da região. Na sexta (28 de abril), dia da Greve Geral, manifestantes se unem com outros grupos da Zona Sul

Prefeitura de SP deve colocar nas ruas 250 famílias do Grajaú nesta quinta-feira Moradores convocam resistência para a reintegração de posse, marcada para as 6h do dia 09/02 no Jardim Lucélia, em terreno do antigo Clube Aristocrata

Moradores convocam resistência para a reintegração de posse, marcada para as 6h do dia 09/02, no Jardim Lucélia, de terreno do antigo Clube Aristocrata

#Memória2016: Das ruas à Câmara Municipal, agentes culturais ocupam todos os palcos Trabalhadores e trabalhadoras da cultura pautaram todos os espaços possíveis, inclusive esse aqui, elevando o fazer artístico como ato político à máxima potência

(Foto: Thiago Borges / Periferia em Movimento)

Trabalhadores e trabalhadoras da cultura pautaram todos os espaços possíveis, inclusive esse aqui, elevando o fazer artístico como ato político à máxima potência

#BlackBraziliansMatter: Após ocupação da SSP, movimentos fazem novo ato contra genocídio Encontro marca lançamento do livro “Mães em Luta – 10 anos dos Crimes de Maio”, com perfis das Mães de Maio, e da campanha internacional #BlackBraziliansMatter. Na sequência, grupos fazem cortejo até a Secretaria de Segurança Pública, que foi ocupada na última quinta-feira (10) por manifestantes em protesto contra a execução de cinco jovens negros na Zona Leste

Velas acesas na porta da SSP (Foto: Edu Graja)

Encontro marca lançamento de livro sobre as Mães de Maio e campanha internacional #BlackBraziliansMatter. Grupos caminha até a Secretaria de Segurança Pública, ocupada semana passada contra a execução de cinco jovens na ZL

Após repressão, aprendizes e educadores trocam ideia com comunidade na Fábrica de Cultura do Capão Molecada quer definir próximas ações e fortalecer a rede de proteção da ocupação que já resiste há 41 dias. Papo rola quarta (dia 06)

(Foto: Thiago Borges / Periferia em Movimento)

Molecada quer definir próximas ações e fortalecer a rede de proteção da ocupação que já resiste há 41 dias. Papo rola quarta (dia 06).

Ocupação, greve e repressão: as Fábricas de Cultura estão fervendo Contra o sucateamento de equipamentos culturais nas quebradas, aprendizes ocupam e os educadores fazem greve. A Poiesis, que recebe dinheiro do Governo de Geraldo Alckmin, reprime a molecada enquanto persegue e demite trabalhadores

(Foto: Thiago Borges / Periferia em Movimento)

Contra o sucateamento de equipamentos culturais nas quebradas, aprendizes ocupam e os educadores fazem greve. A Poiesis, que recebe dinheiro do Governo de Geraldo Alckmin, reprime a molecada enquanto persegue e demite trabalhadores

“Antes de a gente ocupar já tinha policial batendo. Periferia é outra história”

A repressão policial tenta desestruturar as ocupações, mas os estudantes estão organizados e resistem. A aula agora é pra todos, na rua, contra a reorganização escolar