Da lona ao tijolo: Após 8 anos de luta, ocupação no Extremo Sul de SP comemora “transformação” em bairro

Jardim da União resistiu a despejos, criou próprio plano de urbanização e hoje tem água e luz regulares, horta comunitária e plano de desenvolvimento sustentável

Solidariedade na quebrada: “Se não fossem as campanhas, o número de vítimas seria muito maior”

Moradoras da ocupação Jardim da União criaram a Casa da Mãe Solo para viabilizar a geração de renda. Ouça a conversa com Sandra de Moura

No Campo Limpo, Espaço Cultural CITA teme despejo em meio à pandemia

Com mais de 100 agentes culturais de 10 coletivos diferentes, ocupação recebeu alerta da Subprefeitura do Campo Limpo sobre ordem de despejo

Na base do “nós por nós”, vaquinhas e redes de apoio amenizam impacto da covid-19 nas periferias

A Periferia em Movimento identificou 42 iniciativas para apoiar!

Contra remoções, movimentos por moradia defendem ocupações com preservação ambiental

Será que não dá pra morar nessas áreas e, ao mesmo, preservar os recursos naturais?

Jardim da União: a instabilidade é a única certeza

Com reabertura de processo judicial pela CDHU, quase 600 famílias podem ser despejadas de terreno que já é destinado a habitação popular no Extremo Sul de São Paulo

Moradores de ocupação no Grajaú pegam carona em greve de caminhoneiros e travam avenida no Extremo Sul

Ato da ocupação Jardim da União em apoio a grevistas também pedia redução do preço da gasolina e do gás de cozinha; veja fotos

Guarda Civil invade ocupação de 53 anos em São Bernardo do Campo

431 famílias estão sofrendo ameaças de despejo em ocupação de São Bernardo do Campo.

Em seu primeiro festival, Fórum do Grajaú faz assembleia sobre “desmonte” da Cultura

Com congelamento 43,5% da grana para políticas públicas culturais, trabalhadores e trabalhadoras debatem gestão Doria-Sturm neste domingo (16 de julho). Encontro termina com apresentações artísticas dos grupos Runsó, Cia Cambona e Clarianas

“Não vão quebrar nossa cara”: 30 horas de uma ocupação histórica pela cultura

Depois de quase socar trabalhador, André Sturm continua agarrado ao cargo de secretário municipal de Cultura. Ameaçados pela Prefeitura, quem ocupava Galeria Olido deixa o prédio de cabeça erguida ainda mais fortes

CAIU TUDO POR AÍ?

Siga a gente no Twitter!

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: