Carnaval da Quebrada: diversão sem deixar de lado a luta por direitos Conversamos com quem tá organizando blocos que desfilam no Extremo Sul de São Paulo. Confira também uma seleção de percursos para colocar seu bloco na rua!

Conversamos com quem tá organizando blocos que desfilam no Extremo Sul de São Paulo. Confira também uma seleção de percursos para colocar seu bloco na rua!

Núcleo de Jovens Políticos faz roda de conversa no Jardim Ângela Começa neste sábado, dia 04 de fevereiro, no CEU Vila do Sol

Começa neste sábado, dia 04 de fevereiro, no CEU Vila do Sol

No M’Boi Mirim, Cia. Sansacroma dança a loucura em “Sociedade dos Improdutivos” Espetáculo inspirado em usuários do Caps é fruto de dois anos de pesquisa sobre a loucura, contrapõe o corpo que é socialmente invalidado ao corpo que é socialmente produtivo e compara a visão europeia com a africana dessa questão

Espetáculo inspirado em usuários do Caps é fruto de dois anos de pesquisa sobre a loucura, contrapõe o corpo que é socialmente invalidado ao corpo que é socialmente produtivo e compara a visão europeia com a africana dessa questão

Pioneira no combate a DSTs, organização do Jardim Ângela arrecada dinheiro para manter projetos Com 23 anos de atuação na região do M'Boi Mirim, ONG Conviver é Viver faz desfile e calendário para conseguir recursos e continuar atividades culturais e de conscientização sobre os riscos do sexo desprotegido

Foto: Thiago Borges / Periferia em Movimento

Com 23 anos de atuação na região do M’Boi Mirim, ONG Conviver é Viver faz desfile e calendário para conseguir recursos e continuar atividades culturais e de conscientização sobre os riscos do sexo desprotegido

Negro e invisível? Uma prosa no Capão Redondo No domingo (31 de julho), o projeto “Periferia, Cultura e Resgate” debate a invisibilidade do negro na sociedade

No domingo (31 de julho), o projeto “Periferia, Cultura e Resgate” debate a invisibilidade do negro na sociedade

“Antes de a gente ocupar já tinha policial batendo. Periferia é outra história”

A repressão policial tenta desestruturar as ocupações, mas os estudantes estão organizados e resistem. A aula agora é pra todos, na rua, contra a reorganização escolar