EDITORIAL: No Baile da DZ7 e todos os dias do ano, o Estado racista persegue, encurrala, pisoteia e mata a gente

Opinião da Periferia em Movimento

No 7º dia da morte de Ágatha, movimentos protestam pela vida e contra genocídio negro

Formada por diversas entidades do movimento negro pelo País, a Coalização Negra por Direitos convoca para as 18h desta sexta-feira (27/09), na avenida Paulista, em São Paulo, uma manifestação pelo direito à vida e contra o genocídio negro praticado pelo Estado brasileiro.

Movimentos voltam às ruas contra Reforma da Previdência. Saiba por quê

Câmara dos Deputados deve votar proposta nesta semana. Entenda

Greve Geral: a adesão das quebradas de São Paulo

Confira a cobertura das manifestações de 14 de junho de 2019

Nosso Bonde: “Adolescentes são esperança de uma nova perspectiva de gênero”

Elânia Francisca faz parte de nosso bonde

#NossoBonde: “Tá na hora de conversar com as pessoas no miudinho”

O produtor cultural e militante antirracista Kleber Luís faz parte do #NossoBonde

#NossoBonde: “Estamos vendo um surto de reação a um avanço que parece não ter mais volta”

Para Alexandre Barbosa Pereira, esses ataques do governo federal são parte de uma reação elitista aos avanços que vivenciamos nos últimos 10 anos.

Cortar na educação é aprofundar desigualdades, diz professor periférico de universidade federal da Zona Leste

O sujeito periférico é o indivíduo nascido e criado em uma periferia e que, a partir do entendimento dessa condição social e influência de ações culturais (do RAP aos saraus), passa a agir politicamente pra mudar sua própria realidade. Isso é o que defende a tese de Tiaraju Pablo D’Andrea, 39 anos, ele mesmo um “sujeito periférico” que agora age contra os cortes do governo de Jair Bolsonaro na educação.

Greve da educação: Como os cortes de Bolsonaro afetam as periferias?

Estudantes e pesquisadores com origens nas bordas da cidade estão na universidade pública com objetivo de devolver o conhecimento obtido para as quebradas. Mas temem pelas medidas do governo Bolsonaro

Previdência: greve de funcionários públicos e ato pressionam Reforma

Servidores municipais de São Paulo seguem paralisados e se juntam a ato nacional contra proposta de Jair Bolsonaro

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: