“Quantos mais terão que morrer?”

Periferia em Movimento

Periferia em Movimento

Ao completar um mês do assassinato de Marielle, o que temos de resposta?

No próximo sábado, 14 de abril, completará um mês sem a resposta sobre quem matou Marielle Franco e Anderson Gomes.
Para transformar o luto em luta, a dor em força, desde o dia 31 de março está no ar a campanha #30DiasPorMarielle   #ContraIntervençãoMilitar e #PeloFimdoGenocídio.

Amanhecer por Marielle

O sábado (14/04) amanhecerá em diversas partes do mundo com pessoas unidas contra a execução de Marielle, Anderson e todos os negros e negras que o país assassina no seu sistema Genocida. Como a própria Mari perguntou, “quantos mais terão que morrer”?
O site da campanha sugere algumas ações que a população pode fazer no momento do amanhecer, como Colorir a rua, conversar sobre o caso com quem está de passagem, levar lambes, cartazes e flores ou organizar intervenções culturais. Saiba mais no site https://www.mariellefranco.com.br/amanhecer

No Grajaú (SP):

O #AmanhecerporMarielle terá concentração às 7h da manhã no Terminal Grajaú. Confira neste site e na foto abaixo as outras manifestações que ocorrem ao amanhecer:

 

Ato de um mês da morte de Marielle

Às 16h, na Avenida Paulista, acontece a manifestação “1 mês do luto a luta – Ato por Justiça a Marielle” ocorre no próximo sábado (14), no vão livre do MASP (Museu de Artes de São Paulo), a partir das 16h. Veja mais detalhes na matéria do Alma Preta.

30 dias sem Marielle

Do dia 31 de março a 5 de maio, movimentos sociais estão com ampla programação na campanha #30DiasPorMarielle. Você pode acompanhar tudo o que acontece pela página Contra o Genocídio, neste link. Muitas das atividades são presenciais e várias são transmitidas ao vivo, confira e compartilhe!
Como explicado na publicação oficial do Movimento Contra o Genocídio Negro, que protagoniza a ação, “a campanha nasce do protagonismo do Movimento Negro e da união de entidades mistas e independentes por entendermos que a execução de Marielle é mais um resultado da escalada do avanço de setores da direita, que no Brasil tem um alvo preferencial: negros e negras e pobres”.

Quer inscrever uma atividade?

No formulário, é possível preencher suas atividades, para que sejam divulgadas e integrem a campanha. Veja neste link as instruções, os critérios e o formulário para inscrever sua ação/atividade.

Foto de capa: Arte de Carol Ito. Disponível junto a outras artes sobre Marielle Frando na página Marielle Ilustrada

 
 

Autor

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Comente usando o facebook

Nosso manifesto:

Nossas redes sociais:

Notícias recentes:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Confira também

Posts relacionados:

Apoie!
Skip to content