Fundo de Quintal na internet, memórias de mulheres no São Luís e mostras teatrais na Leste e na Norte: As atrações culturais do fim de semana nas quebradas

Fundo de Quintal na internet, memórias de mulheres no São Luís e mostras teatrais na Leste e na Norte: As atrações culturais do fim de semana nas quebradas

Periferia em Movimento

Periferia em Movimento

Neste final de semana, eventos acontecem em diferentes pontos da cidade e pela internet. A Periferia em Movimento seleciona e indica 5 rolês para se programar!

Foto em destaque: Fundo de Quintal / Divulgação

Presenciais ou à distância, as atividades culturais têm voltado aos poucos nas periferias paulistanas. E neste final de semana, acontecem em diferentes pontos da cidade. A Periferia em Movimento seleciona e indica 5 rolês para se programar!

1. Memórias dos bordados de mulheres negras e indígenas

Ancestralidade africana, indígena e a cultura do bordado são temas de relatos históricos, poesias e fotografias que fazem parte de “Pangeia – Entre Elos – Palavra de Mulher”, livro publicado pela coletiva Tear&Poesia e que será lançado neste sábado (12/3), das 10h às 14h, no espaço cultural Bloco do Beco, localizado na rua Bento Barroso Pereira, 2 – Jardim Ibirapuera (Jardim São Luíz, zona Sul de São Paulo) – SP, 05815-085. A entrada gratuita e, para participar, é obrigatório o uso de máscara. Saiba mais no e-mail [email protected].

A publicação em português, espanhol e yorubá conta com fotografias inéditas que registram a arte de bordar desenvolvida por um grupo de 8 mulheres das periferias de diferentes gerações e nasce a partir de diversas pesquisas realizadas por integrantes da coletiva Tear&Poesia, tendo como prioridade as questões das mulheres pretas, indígenas, africanas e descendentes.

“O bordado tem origem profunda na África e era feito, inclusive por homens, e a gente nota essa característica na produção dos bordados. Temos exemplos como em Pernambuco com os maracatus; no Maranhão com a cultura do boi, em que os participantes assim como o boi tem suas vestes tecidas e bordadas fantasticamente, e os povos indígenas nativos de Abya Yala na América”, explica Rita Maria, agente cultural, produtora e co-fundadora da coletiva.

2. Cultura e economia solidária

Promovido pela Agência Solano Trindade, o Festival Percurso chega a mais uma edição pautando a economia solidária. Dessa vez, o evento que nasceu na região do Campo Limpo (zona Sul de São Paulo) será transmitido ao público pela internet. É neste domingo (13/3), a partir das 15h, pelas páginas no facebook e no youtube.

Com apresentação da poeta Kimani, campeã brasileira de Slam poesia, o evento traz a força ancestral do grupo de samba Fundo de Quintal, diretamente do Cacique de Ramos (zona Norte do Rio).

O evento também tem as presenças da DJ Vivian Marques e da velha guarda do Bloco do Beco, grupo carnavalesco que desfila há mais de uma década no Jardim Ibirapuera (São Luís, zona Sul de SP).

Esquadrão Bombelhaço, da Circo Teatro Palombar (foto: Nah Souza)

3. Mostra de teatro circense

Originário de Cidade Tiradentes (extremo Leste paulistano), o Circo Teatro Palombar comemora 10 anos de trajetória em 2022. E para celebrar a data, a trupe inicia uma grande mostra de repertório que começa com apresentações exatamente no território onde foi criado e bairros próximos.

O primeiro espetáculo da mostra é “Esquadrão Bombelhaço”, que será apresentado na Cidade Tiradentes gratuitamente neste sábado (12/3), às 17h, na praça Lino Rojas; no dia 24 de março (quinta-feira), às 10h, na EMEF Escola Maurício Goulart; e no dia 26 (sábado), às 16h, na Comunidade Jardim Maravilha.

Baseado em desenhos animados, “Esquadrão Bombelhaço” não possui falas e abusa de elementos cômicos como cascatas, quedas, tombos, pontapés e tropeções, além de malabarismos e manipulação de objetos, em técnicas de acrobacias cômicas e aéreas através do equipamento pizza. Saiba mais no facebook e no instagram.

4. Mais circo

A partir deste mês de março, o grupo circense Exército Contra Nada também realiza uma mostra de repertório celebrando 10 anos de trajetória. A temporada começa com apresentações gratuitas do espetáculo “El General”, em espaços periféricos de São Paulo situados na Zona Leste e na Zona Norte.

Exército Contra Nada apresenta El General (foto: Lis Sayuri)

O espetáculo conta a trajetória de um palhaço que, ao batalhar por seu sustento, se descobre artista, porém as coisas saem diferente do esperado. Em suas tentativas, ele trafega entre os papéis de contrarregra e de artista circense, que se coloca no palco sem saber o que fazer. Mas persistente, ele mergulha na imaginação para encontrar maneiras de se transformar no que quiser. Saiba mais aqui e aqui.

Nesta sexta-feira (11/3), às 16h, o grupo se apresenta na Biblioteca Adelpha Figueiredo (Praça Ilo Ottani, 146, no Pari). No sábado (12/3), também às 16h, a apresentação será no Centro Cultural Arte em Construção (Av. dos Metalúrgicos, 2100, na Cidade Tiradentes). E domingo (13/3), no mesmo horário, na Casa de Cultura Itaim Paulista (rua Monte Camberela, 490)

Já na próxima quarta-feira (16/3), às 11h, o grupo se apresenta no CEU Três Pontes (Rua Capachós, S/N, noJardim Célia). No dia 19 de março, às 16h, a apresentação será realizada no Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso – CCJ (Av. Dep. Emílio Carlos, 3641, na Vila Nova Cachoeirinha). E no dia 20, mesmo horário, a mostra se encerra no Teatro Flávio Império ( R. Prof. Alves Pedroso, 600, em Cangaíba).

5. Teatro itinerante

Idealizado pela CTI – Cia. Teatro da Investigação, fundado na Vila Ré (zona Leste de São Paulo), o projeto Teatro em Trânsito realiza até abril uma mostra com 16 apresentações em 8 locais diferentes de São Paulo com a participação de 8 coletivos parceiros. A ideia é circular trabalhos artísticos pela cidade de São Paulo e realizar intercâmbio entre os grupos de teatro participantes

A entrada é gratuita e os ingressos deverão ser retirados uma hora antes de cada sessão, nos locais das apresentações. Fazem parte do evento os espetáculos adultos: Show do Pimpão, da Brava Companhia; O Ensaio Invisível, do Coletivo de Teatro Off Off Broadway; Mitos e Lendas Caiçara, da Cia. O Castelo das Artes; e Pirajussara: Vozes à margem, do Bando Trapos. As informações com toda a programação, horários e locais estão em www.teatrobaile.com.

Show do Pimpão, da Brava Companhia (foto: Divulgação)

Neste final de semana, a Brava Companhia apresenta o Show do Pimpão. Numa localidade qualquer da periferia do capitalismo, 3 miseráveis artistas se juntam para tentar arrecadar algum numerário que lhes garanta a refeição do dia. Em tempos de crise, fazer graça com a própria desgraça foi a única alternativa que lhes restou como forma de sobrevivência. E se o show não lhes rende o suficiente para comer, ao menos o barulho das risadas do público ajuda a abafar o ronco dos seus estômagos vazios, e a tentar esquecer a própria desnutrição.

No sábado (12/3), o espetáculo ocorre às 16h na sede do CTI, que fica na rua Oti, 212 (Vila Ré, zona Leste). E no domingo (13/3), será às 11h, no Centro Cultural Arte em Construção (Av. dos Metalúrgicos, 2100, em Cidade Tiradentes).

Autor

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Comente usando o facebook

Nosso manifesto:

Nossas redes sociais:

Notícias recentes:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Confira também

Posts relacionados:

Apoie!
Skip to content