Seminário organizado por Movimento Cultural das Periferias discute “a cidade que queremos” Com objetivo de refletir e debater sobre as lutas e resistências, "Insurgências Periféricas" acontece nos dias 11 e 12 de março no Parque Santo Antônio

Com objetivo de refletir e debater sobre as lutas e resistências, “Insurgências Periféricas” acontece nos dias 11 e 12 de março no Parque Santo Antônio

Carnaval da Quebrada: diversão sem deixar de lado a luta por direitos Conversamos com quem tá organizando blocos que desfilam no Extremo Sul de São Paulo. Confira também uma seleção de percursos para colocar seu bloco na rua!

Conversamos com quem tá organizando blocos que desfilam no Extremo Sul de São Paulo. Confira também uma seleção de percursos para colocar seu bloco na rua!

Vereadores “pixam” muro no Grajaú após Câmara aprovar e Doria sancionar lei da cidade cinza Coletivo de grafiteiros convidou parlamentares a conhecer distrito que é referência na arte urbana. Nova lei estabelece multa por intervenções não-autorizadas e restringe venda de latas de spray

Coletivo de grafiteiros convidou parlamentares a conhecer distrito que é referência na arte urbana. Nova lei estabelece multa por intervenções não-autorizadas e restringe venda de latas de spray

Artistas fazem ato contra congelamento da verba para cultura em São Paulo Os agentes culturais protestam contra o contingenciamento de 43,5% da verba da Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura de São Paulo e exigem a execução do orçamento total de R$ 518 milhões

Os agentes culturais protestam contra o contingenciamento de 43,5% da verba da Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura de São Paulo e exigem a execução do orçamento total de R$ 518 milhões

Em meio à “guerra do pixo”, exposição no Grajaú propõe discussão sobre “Desvio para o Cinza” Com o propósito de reunir artistas que vivem e desafiam a atmosfera cinza da cidade de São Paulo, a exposição traz pinturas, fotografias e objetos de cor cinza em referência ao processo de anos, como o combate a manifestações artísticas e falta de fomento a políticas públicas.

Com o propósito de reunir artistas que vivem e desafiam a atmosfera cinza da cidade de São Paulo, a exposição traz pinturas, fotografias e objetos de cor cinza em referência ao processo de anos, como o combate a manifestações artísticas e falta de fomento a políticas públicas.

Orgânicos pra quebrada: no Extremo Sul, agricultores se juntam para vender comida sem veneno Com dezenas de produtores de orgânicos, região exporta alimentos para outras partes de São Paulo mas vende pouco localmente. Para reverter isso, eles propõem criação de grupo da “comunidade que sustenta a agricultura”

Foto: Thiago Borges / Periferia em Movimento

Com dezenas de produtores de orgânicos, região exporta alimentos para outras partes de São Paulo mas vende pouco localmente. Para reverter isso, eles propõem criação de grupo da “comunidade que sustenta a agricultura”

Em Parelheiros, primeiro Sarauê do ano acontece neste sábado Evento tem lançamento de livro, música e microfone aberto para mandar aquela poesia

Evento tem lançamento de livro, música e microfone aberto para mandar aquela poesia

Na Ilha do Bororé, exposição fotográfica revela relações de moradores das margens com a represa Billings Primeiro Sarau de Cordas do ano acontece no sábado (21 de janeiro) e também traz música, teatro e poesia. Confira!

Primeiro Sarau de Cordas do ano acontece no sábado (21 de janeiro) e também traz música, teatro e poesia. Confira!

“Cidade Linda pra quem?”: coletivo de grafiteiros questiona ações da gestão Doria Formado por artistas e agentes marginais do Extremo Sul de São Paulo, o coletivo Imargem aponta para a falta de diálogo por parte dos novos inquilinos da Prefeitura e o cenário de repressão que se desenha no horizonte

Formado por artistas e agentes marginais do Extremo Sul de São Paulo, o coletivo Imargem aponta para a falta de diálogo por parte dos novos inquilinos da Prefeitura e o cenário de repressão que se desenha no horizonte

Da quebrada para a universidade: Projeto Raiz abre inscrições para cursinho gratuito Com atuação no Extremo Sul de São Paulo, o movimento social está há 18 anos na luta pela democratização do acesso à universidade pública

Com atuação no Extremo Sul de São Paulo, o movimento social está há 18 anos na luta pela democratização do acesso à universidade pública