Anna Kesiah queria nascer No Campo Limpo, a Casa Ângela realiza 30 partos humanizados por mês pelo SUS

É possível ter um parto natural e humanizado nas quebradas. Parto também é questão de política pública.

O LGBT da quebrada precisa ser Queer? Que porra é essa? Por um corpo livre: Periferia Trans rasga o verbo para falar sobre gêneros

Que porra é essa? A Teoria Queer cabe nas periferias?

Na quarta-feira, 6 de abril, o Periferia Trans debateu o tema com recorte de classe entre LGBTs das periferias.

Periferia Trans 2016: A transgressão dos corpos sobe aos palcos

Rico Dalasam dá a partida: o Periferia Trans está de volta! De 2 de abril a 1º de maio, corpos em transgressão no Galpão Cultural Humbalada, no Grajaú

A luta é na rua: No Grajaú, moradoras caminham pelos direitos das mulheres

Ato de Luta da Mulher, da Associação das Mulheres do Grajaú, contou com caminhada, exibição de filme, discussão filosófica e debate

Respeita as mina, TOP 10 é machismo!

foto Anderson Paulino

Um ano depois de coletivos do Extremo Sul denunciarem a exposição da sexualidade de meninas em vídeos nas redes sociais, a situação continua nada TOP. Resistir é a única alternativa.

Eventos homenageiam a luta das mulheres na periferia

Marcha, documentário, roda de debate, tem de tudo! Veja alguns eventos sobre o dia da mulher e compartilhe!

Chorar pelas guerreiras que se foram, viver por aquelas que virão

Vivência do bloco afro É Di Santo, do M'Boi Mirim. Foto: Brisa Serena

Periferia em Movimento deseja que o 8 de março seja especial a todas as guerreiras do dia a dia.

#Memória2015: O patricardo tremeu com a luta das mulheres e LGBTs

Em 2015, você mudou sua perspectiva de gênero e sexualidade? Foram diversas as oportunidades para desconstruir estereótipos e reconhecer os privilégios.

Mostra Repórter da Quebrada: Hora de compartilhar!

Jovens do Repórter da Quebrada realizam, neste sábado, Mostra do material produzido após três meses de formação em jornalismo e direitos na periferia.

No meio do caminho, tinha um grafitaço contra o machismo

foto: Carolina Teixeira

Escadão no Grajaú é alvo de intervenção e denúncia de feministas contra exposição de fotos íntimas e xingamentos a meninas em mídias sociais como o WhatsApp