De metrô a polícias: Governo do Estado é responsável por áreas que impactam diretamente as periferias

De metrô a polícias: Governo do Estado é responsável por áreas que impactam diretamente as periferias

No sexto episódio de Eleições sem Neurose, falamos do cargo que coordena e dá linha a várias políticas públicas importantes

Compartilhe!

Entrevistas, roteiro e apresentação por Gisele Brito. Revisão de roteiro: Thiago Borges. Edição por Paulo Cruz. Distribuição: Venuz Capel. Design: Rafael Cristiano

Você já escolheu a candidatura que vai votar para o governo do Estado no próximo dia 2 de outubro? Este é o quarto cargo que vai aparecer na tela da urna nas próximas eleições. Em São Paulo, são 10 candidaturas: Altino (PSTU), Antonio Jorge (DC), Edson Dorta (PCO), Elvis Cezar (PDT), Fernando Haddad (PT), Gabriel Colombo (PCB), Rodrigo Garcia (PSDB), Tarcísio (Republicanos), Vinicius Poit (Novo) e Carol Vigliar (UP), a única mulher concorrente no pleito.

Muitas vezes essa função fica camuflada entre o destaque que recebem o governo federal e as administrações das prefeituras municipais. Mas a pessoa que ocupa a cadeira do Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, coordena e dá a linha pra várias políticas públicas, como o controle das polícias, dos trens e metrô e escolas e universidades estaduais.

Neste episódio, falamos com a militante Débora Dias, que é estudante de sociologia e co-vereadora na cidade de São Paulo; e com Tiaraju Pablo D’Andrea, sambista e professor no campus Leste da Universidade Federal de São Paulo.

Ouça:

Eleições sem Neurose é uma produção independente da Periferia em Movimento com envio por whatsapp (acesse aqui e mande um salve para o número 11 957816636 para receber os conteúdos). A gente não tem patrocínio e faz tudo com recursos próprios. Se você quiser e puder nos apoiar, faça um pix para a chave (telefone) 11 957816636

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe:

Compartilhe:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Comente usando o facebook

Compartilhe:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Comente usando o facebook

Nosso manifesto:

Nossas redes sociais:

Notícias recentes:

Confira também

Posts relacionados

Apoie!
Pular para o conteúdo