Foto: Divulgação / Luta do Transporte no Extremo Sul

Veja o vídeo: Por busão, moradores do Extremo Sul interrompem aula de Haddad na USP

Na manhã de segunda-feira (27 de abril), moradores de Barragem, Marsilac, Bosque do Sol e Jusa (localizados no Extremo Sul de São Paulo) interromperam a aula do prefeito Fernando Haddad na USP para exigir a criação das linhas em seus bairros, onde a população é forçada a caminhar longas distâncias a pé para chegar ao ponto mais próximo.

Assista abaixo o vídeo da ação:

Como o Periferia em Movimento já mostrou, há bairros na região onde moradores percorrem quase 10 quilômetros até chegar a um ponto de ônibus.

Ao longo de 2014, moradores da região e integrantes do movimento Luta do Transporte no Extremo Sul realizaram diversas ações para chamar atenção para essa situação, como o acorrentamento de manifestantes na porta da prefeitura, uma virada cultural com artistas locais (já que a população não conseguiria chegar ao centro para participar do evento “oficial”) e um dia comônibus tarifa zero.Saiba mais aqui. O veículo foi alugado com a verba arrecadada em bingos e festas.

À espera da reunião prometida por Haddad para discutir a criação dessas linhas, o movimento Luta do Transporte no Extremo Sul já organiza a próxima ação: uma semana de linhas populares nos dias 13, 14 e 15 de maio, com objetivo de demonstrar ao poder público que é possível e viável a criação de linhas nos bairros.

Nesses dias, uma linha de ônibus popular, autônoma e gratuita com o mesmo trajeto reivindicado por cada região percorrerá cada um dos bairros.

Carregando…