05 atividades nas quebradas de SP pra conversar, conviver, curtir e se cuidar

Quando foi a última vez que você tirou um tempo pra cuidar de si?

#NossoBonde: “Sou otimista por conhecer a nossa força enquanto povo periférico”

Cristiane Rosa é uma mulher negra e periférica do Grajaú na luta em diversas frentes. E, apesar da situação desesperadora, ela vê caminhos para resistência

#QueroViver: “A gente que é mãe tá na busca por tentar manter a vida dos nossos filhos”

Mãe de duas crianças na periferia de Jaboatão dos Guararapes, é a partir da perspectiva da maternidade favelada que Débora Aguiar aborda a garantia dos Direitos Humanos

“Ficou grávida porque quis”: depois de tanto ouvir isso, mães solo mandam a real sobre padecer “no paraíso”

Documentário “Eu Quero Ouvir Maria” conta histórias de mulheres periféricas que cuidam sozinhas dos filhos, apesar das críticas de uma sociedade patriarcal que isenta os pais de suas responsabilidades

ALERTA! Coronavírus e as quebradas

Confira nossa cobertura

Apoie nossa cobertura jornalística

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: