Terreiro Urbano: neste espetáculo, os orixás tomam o palco

(Foto: Thiago Borges/Periferia em Movimento)

Inspirado na mitologia dos orixás, o espetáculo de dança do grupo Treme Terra chega a três teatros municipais em abril. Confira a programação.

Em Parelheiros: Terreiro de Candomblé faz festa para Exu

Erroneamente associado ao diabo do Cristianismo, no Candomblé ele é o transportador do axé. Festa acontece no sábado (28/03), no Asé Ylê do Hozoouane.

A Bíblia levou um evangélico e um ateu à convicção

Foto: Divulgação Bruno Oliveira Lima (foto) estudou tanto a Bíblia que virou ateu. O fotógrafo de 32 anos, que vive na Vila São José (Extremo Sul de São Paulo), foi criado na Igreja Católica e, desde os sete anos, participava de novenas e acompanhava a família em campanhas de arrecadação e distribuição de alimentos aos mais pobres.Continue lendo A Bíblia levou um evangélico e um ateu à convicção

Em território de pastores, mas sem deus

Responda rápido: você votaria em um candidato a Presidente da República que não acredita em deus? Confiaria os cuidados de seu filho a um médico sem fé? Pediria ao vizinho ateu para vigiar sua casa? Pois o número de pessoas sem fé está crescendo. A cidade de São Paulo tem 965 mil habitantes sem religião,Continue lendo Em território de pastores, mas sem deus

A presença dos “sem religião” nas periferias

Por Marcos Nicolini* Há um século, não ter religião era uma postura intelectual reservada a um grupo de pensadores seletos. Alguns poucos homens e mulheres se atreviam a tomar distância das religiões, principalmente dos cristianismos. Não que este questionamento sobre os deuses tenha sido inaugurado neste tempo. Antes, na Grécia antiga – 500 a.C. –Continue lendo A presença dos “sem religião” nas periferias

Na Periferia, comunidades religiosas empoderam

Diz o ditado popular que religião não se discute, certo? Pois um grupo com mais de 300 pessoas se articula para fazer justamente o contrário. Criada em 2007, a Rede Ecumênica da Juventude (REJU) se articula com jovens dos centros e das periferias, das cidades e do campo, nas cinco regiões do País, para promover o diálogoContinue lendo Na Periferia, comunidades religiosas empoderam

Igreja na quebrada, um ambiente de construção de identidade

Foto: Papa durante visita à comunidade Varginha, no Rio de Janeiro, em julho de 2013 (Agência Brasil) Em qualquer periferia de São Paulo, três “instituições” são predominantes: o bar, o salão de beleza e a igreja. Muitas vezes, vizinhos de parede, eles se convergem. É no salão que o cabeleireiro Antonio, no Grajaú, encontra parteContinue lendo Igreja na quebrada, um ambiente de construção de identidade

O medo dos homens de se relacionar com mulheres com deficiência

Texto publicado na revista “Bem vindo A.Nó.S.” da Associação Nosso Sonho de Reabilitação e Integração de Pessoas com Deficiência.                         Por Elisangela Rodrigues*   “Homem e Mulher – A Descoberta” Alguns homens têm medo de novas possibilidades de relações. Partindo dessa premissa, talvez possamosContinue lendo O medo dos homens de se relacionar com mulheres com deficiência

Mãe especial, um cuidado com os pais de crianças com deficiência

Por Aline Rodrigues Descobrir que @ [email protected] [email protected] tem alguma deficiência é um choque inicial para a maioria dos pais. Passa pela cabeça “e o que eu faço agora?”, “será que vou dar conta?”, “como será a vida para [email protected]?”,“quem pode me ajudar?” entre outras dúvidas e medos que surgem. Os pais passam a dedicarContinue lendo Mãe especial, um cuidado com os pais de crianças com deficiência

Lei de cotas não garante trabalho para PCD

A lei de cotas (nº 8.213), que entrou em vigor em 24 de julho de 1991, obrigada empresas com 100 ou mais funcionários a ter de 2% a 5% de pessoas com deficiência no seu quadro de colaboradores. Infelizmente é muito evidente que a maioria das instituições querem pessoas com deficiência (PCD) apenas para cumprirContinue lendo Lei de cotas não garante trabalho para PCD