Assista: Grupo Inquérito lança webvídeo “De Corpo e Alma”, faixa-título de seu novo álbum

“Um trabalho intenso e sincero, feito com todo o coração de quem ama o hip-hop.” Esta é a definição do rapper Emicida sobre Corpo e Alma, novo álbum do grupo Inquérito, trabalho em que atuou como produtor executivo. Uma prévia que já pode ser conferida é a canção que leva o mesmo nome do disco, lançada nesta semana e disponível para download, e que vem acompanhada de um webvídeo.

A síntese do novo trabalho, que marca 15 anos de trajetória do grupo e o quarto álbum, traduz o sentimento do letrista e criador do grupo, Renan Inquérito: “Não são apenas três minutos de música. São muitas coisas conquistadas e muitas outras ainda para se conquistar. Eu gosto dessa fase, desse amadurecimento da poesia, que dialoga com o bairro, mas também grita para o mundo”.

A canção “Corpo e Alma”, que teve produção de DJ Duh, da GrooveArts, traz a participação de um quinteto de metais e do próprio Emicida. “A ideia de fazer o disco veio de uma longa conversa com o Leandro (Emicida). Ele foi um parceiro, um entusiasta, e ajudou em todos os processos. Nós sabíamos que ele estaria no disco de uma forma ou de outra e, quando a música ficou pronta, antes mesmo de ela dar nome ao disco, sentimos que a energia que ela transmitia era exatamente a que queríamos passar. Aí, foi natural: a canção virou single, virou título do álbum e sintetizou todo o trabalho”, completa Renan.

Produção executiva

Para o produtor executivo Emicida, que pela primeira vez assume essa função formalmente em um disco, o lançamento da faixa-título do álbum traz um frio na barriga.

“É uma experiência completamente nova e tem a pressão que é atuar no trabalho de alguém de quem você é fã, e eu sou um fã do Inquérito. Considero o Renan um dos melhores letristas que temos no país. Digo isso no campo da música e da poesia. Pode parecer ambicioso demais por estarmos na terra de Mário Quintana, Cartola, Mano Brown ou Vinícius de Moraes, mas acho que o Renan cuida da poesia de uma forma muito especial e eu admiro muito isso. Tudo é muito inteligente, a poesia é de muito bom gosto, que eu ouço e saio reclamando: por que mais pessoas não escutam Inquérito? Talvez minha chegada no projeto possa ter essa função: pensar junto deles sobre como podemos fazer essa poesia tão rica tocar mais corações”, pontua Emicida.

Outras participações

Mais que a participação especial de Emicida, o novo álbum também conta com colaborações de KL Jay, Rael, Ellen Oléria (vencedora da primeira edição do programa The Voice Brasil), Alexandre Carlo do Natiruts, Arnaldo Antunes e Roberta Estrela D ́Alva. Além de DJ Duh, que também dirigiu toda a parte musical do disco, o álbum, que vem sendo lapidado desde o final do último ano, pela primeira vez traz a assinatura de vários produtores. O disco tem canções assinadas por Pop Black (Black Beats), Marcelo Guerche (produtor do álbum anterior, Mudança), e duas faixas produzidas por Damien Seth, além de uma do Quilombo Louco Beats, de Teresina (PI).

 

Para baixar a música, clique aqui.

Assista abaixo ao webvídeo de “Corpo e Alma”