“Voto Verde”: Campanha incentiva jovens a tirarem título para participar das eleições de 2022

“Voto Verde”: Campanha incentiva jovens a tirarem título para participar das eleições de 2022

Periferia em Movimento

Periferia em Movimento

O Brasil tem 50 milhões de jovens entre 15 e 29 anos. E 5 milhões desse total ainda não tiraram o título para votar este ano. Saiba como fazer!

Foto em destaque: Douglas Fontes

O Brasil tem 5 milhões de jovens que ainda não tiraram o título eleitoral e que poderiam votar em 2022. O voto é facultativo para jovens de 16 e 17 anos, mas passa a ser obrigatório a partir dos 18 anos. O prazo para solicitar o documento termina no dia 4 de maio, exatamente daqui a 70 dias. Quem tem 15 anos e completará 16 até 2 de outubro (data das eleições) também pode tirar o título. Clique aqui e saiba como fazer.

A campanha “Voto Verde” pretende estimular a juventude a comparecer aos cartórios eleitorais ou solicitar o título pela internet e assim participar das eleições de outubro para escolher representantes na Presidência da República, governos estaduais, Senado, Câmara dos Deputados e Assembleias Legislativas. Além disso, o mote da campanha aposta na defesa do meio ambiente e da justiça climática para garantir um futuro às próximas gerações.

“Votar é escolher representantes que defendam o futuro da vida no planeta. O primeiro passo em relação a preservação do nosso meio ambiente, da importância de manter de pé as florestas, vivos os animais e diminuir a poluição dos mares e rios dentro do nosso território é fortalecer a democracia”, diz o texto da campanha.

O “Voto Verde” é puxado por pelas organizações Pimp My Carroça, Instituto Socioambiental (ISA), WWF-Brasil, Greenpeace, Engajamundo, Hivos e Vozes Pela Ação Climática (VAC).

As iniciativas observam que as consequências da destruição da natureza e a falta de compromisso com o meio ambiente tendem a recair sobre a população mais pobre. Grupos racializados como indígenas e negros ocupam áreas mais vulneráveis e estão mais expostos às mudanças climáticas. Com mais de 50 milhões de pessoas entre 15 e 29 anos, a articulação acredita que a juventude pode decidir o resultado das eleições e influenciar na defesa da justiça climática.

Autor

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Comente usando o facebook

Nosso manifesto:

Nossas redes sociais:

Notícias recentes:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Confira também

Posts relacionados:

Apoie!
Skip to content