Com valor “minúsculo”, auxílio emergencial exclui 1 em cada 4 beneficiários

Com teto aprovado pelo Congresso, 17 milhões ficarão sem receber benefício. Movimento aponta que valor é muito baixo e pede volta dos R$ 600

Com cesta básica nas costas, periféricos apontam para um “novo normal” com direitos garantidos

Em regiões com altos índices de vulnerabilidade social na cidade de São Paulo, solidariedade faz a diferença em meio à crise do coronavírus. E quem tá na linha de frente destaca: vamos cobrar políticas públicas

100 dias de isolamento: Episódios da vida comum

Por Gil Marçal

ALERTA! Coronavírus e as quebradas

Confira nossa cobertura

Apoie nossa cobertura jornalística

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: