Primeira Festa Literária do Grajaú celebra caldeirão cultural do Extremo Sul

Primeira Festa Literária do Grajaú celebra caldeirão cultural do Extremo Sul

Periferia em Movimento

Periferia em Movimento

Entre os dias 19 e 23 de março, uma série de atividades artísticas e culturais movimenta os cinco CEUs (Centros Educacionais Unificados) da região Extremo Sul de São Paulo, além do Centro Cultural Grajaú.

Entre os dias 19 e 23 de março, uma série de atividades artísticas e culturais movimenta os cinco CEUs (Centros Educacionais Unificados) da região Extremo Sul de São Paulo, além do Centro Cultural Grajaú.

Nesse período, acontece a primeira Festa Literária do Grajaú (FLIG), promovida pelas equipes desses espaços, das bibliotecas, saraus e agentes culturais da quebrada. Clique aqui e saiba mais.

Assim foi a primeira edição do Sarau da Cultura Grajauense. Foto: Reprodução.

Programação diversificada

Com mesas de debate, rodas de conversa com escritores, oficinas, exposições e contação de histórias, o evento chega ao último dia com shows de artistas locais e convidados, como Luiz Semblantes, Nayra Lays, Yara Barros e Sambadas, por exemplo.

Nessa primeira edição, a homenageada é Adélia Prates. Moradora do Grajaú há mais de 40 anos, Adélia articulou e participou de mobilizações por direitos na região – do pão às escolas –, e foi uma das fundadoras e primeira presidenta da Associação de Mulheres do Grajaú. Ela também é personagem do primeiro episódio da série de reportagens “Matriarcas”, da Periferia em Movimento.

Para custear transporte e alimentação, os organizadores fazem uma vaquinha pela internet para arrecadar R$ 5 mil. Contribua aqui.

Confira a programação completa

Na terça-feira (19/03)

Onde: No CEU Navegantes – Rua Maria Moassab Babour, sem número – Cantinho do Céu – Grajaú

11h às 12h30 – Contação de histórias: Histórias do baú, com Roberto Barros

15h às 15h45 – Encontro com autor: Livro A horta do Vovô Manduca, com Débora Rubin

16h às 17h30 – Mesa de debate: Saraus como ação de fomento à literatura periférica, com Casulo (Sarau Clamarte), Edilene Santos (Sarau do Grajaú) e Joziane Soares (Sarauê). Mediação de Ronaldo Mota Vieira

19h – Show de abertura: Verso Acústico

19h30 – Abertura oficial e leitura poética em homenagem a Adélia Prates

20h – Show com Denise Alves

Na quarta-feira (20/03)

Onde? No CEU Vila Rubi – Rua Domingos Tarroso, 101 – Vila Rubi

09h – Encontro das turmas de 8º e 9º anos do Ensino Fundamental com a autora Michele Santos

11h – Papinho das turmas da EMEI com a autora Lucimeire Juventino

14h às 15h30 – Mesa de debate: A literatura negra, identidades em diálogo, com os escritores Akins Kintê, Elizandra Souza, Elânia Francisca e Tula Pilar. Mediação de Gabriel Messias

15h30 – Oficinas de biblioterapia (com Flavia Hessel e Sônia Oliveira) e amarração em turbantes (com Lucimeire Juventino)

Onde? No CEU Parelheiros – Rua José Pedro de Borba, 20

14h – Contação de histórias: Histórias do baú, com Roberto Barros

18h30 – Sarau “Mais amor, por favor”, com alunos da ETEC e Comunidade em geral

Onde? No Centro Cultural Grajaú – Rua Professor Oscar Barreto Filho – Parque América

19h30 – Sarau Sobrenome Liberdade e Sarau do Grajaú

(Foto: Divulgação/ Sarau do Grajaú)
Edilene Santos, uma das organizadoras do Sarau do Grajaú

Na quinta-feira (21/03)

Onde? No CEU Cidade Dutra – Avenida Interlagos, 7350

08h às 17h – Exposição fotográfica “Essas Mulheres Maravilhosas”, de Nalva Maria; e exposição “Uma questão de gênero”

08h30 – A curandeira em pele de foca, com Tininha Calazans

09h30 ao meio-dia– Sarau da Pessoa, com a mestre de cerimônias Cintia Mendes e participação dos autores Victhor Fabiano (Bom dia, Ditador), Audrey Ribeiro (Adélia Prates), Celso de Campos Jr. (100 Sena), Joeli Monteiro, coral do Projeto Guri e microfone aberto

14h às 15h30 – Mesa de debate: Mulher, brasileira, periférica: formas de (r) existir, com Cris Moreira e Kamila Moreno (Coletivo Nísia Floresta), Jéssica Angelin (Coletivo Sarau das Mina) e Barbara Esmenia. Mediação de Renata Gibelli

15h30 às 17h – Oficina: Mulheres empoderadas escrevem melhor (homens podem participar), com Bruna Escaleira e Mariana Brecht

17h às 18h30 – Sarau Quinta em Movimento

Onde? No CEU Parelheiros – Rua José Pedro de Borba, 20

10h – Sarau “Mais amor, por favor”

Na sexta-feira (22/03)

Onde? No CEU Três Lagos – Rua Maria Moura da Conceição – Jardim Belcito

09h às 10h40 – Mesa de debate: A arte como terapia, com Geruza Zelnys, Danilo Pereira Leite (CAPS Saúde), Sônia Oliveira e Daniel da Conceição Santana (Coletivo MT). Mediação de Fábio Roberto Lucas (do CAPS Artes)

11h – Oficinas de escrita curativa (com Geruza Zelnys e Eduardo Guimarães), biblioterapia (com Sônia Oliveira e Flávia Hessel) e musicoterapia (com Coletivo MT), e vivência em teatro (com Danilo Pereira Leite)

14h – Encontro com o autor, com Jéssica Câmara Siqueira

19h – Sarau Clamarte e Sarau das Águas

Coletivo MT de musicoterapia marca presença com oficina na FLIG (foto: divulgação)

No sábado (23/03)

Onde? No CEU Vila Rubi – Rua Domingos Tarroso, 101

Shows de encerramento

11h – Dom Orione

11h55 – Zé Marcio

12h30 – Dan Silva

13h15 – Xemalami

13h55 – Yara Barros e Domingos Jr.

14h35 – Nayra Lays

15h15 – Peça de teatro: “Davis: a voz da Liberdade” com Grupo Artemanha

16h10 – Line Juliano

16h50 – Mano Moneys

17h30 – Luiz Semblantes

18h10 – Sambadas

Xemalami participa do encerramento da FLIG (Foto: Thiago Borges / Periferia em Movimento)

Autor

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Comente usando o facebook

Nosso manifesto:

Nossas redes sociais:

Notícias recentes:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Confira também

Posts relacionados:

Apoie!
Skip to content