Quebra das Ideias: “A gente quer prevenir o HIV/Aids ou prevenir os corpos positivos?”

Quebra das Ideias: “A gente quer prevenir o HIV/Aids ou prevenir os corpos positivos?”

Periferia em Movimento

Periferia em Movimento

No 6º episódio do podcast da Periferia em Movimento, convidados abordam a busca por viver plenamente estando com HIV

Foto: Periferia em Movimento / documentário Interrompemos a Programação (?)

O que vem à sua mente quando falamos em HIV/Aids e outras infecções sexualmente transmissíveis (ISTs)? Apesar dos avanços do Brasil em relação à prevenção e tratamento dessas infecções, pouco se fala das pessoas que convivem com isso – uma vivência, muitas vezes, envolta em muitos esterótipos.

“Eu não sou o HIV”, sintetiza Andreará (na foto de capa), jornalista e educomunicador do Coletivo Contágio. A iniciativa formada apenas por pessoas que vivem com o vírus aborda a questão por meio da cultura. E Andreará questiona inclusive o mote de campanhas de prevenção que têm voltado a adotar um viés moralista. “A gente quer prevenir o HIV/Aids ou os corpos positivos?”, questiona.

Esse é o tema do 6º episeodio do Quebra das Ideias, o podcast da Periferia em Movimento, que também conta com a participação de Tabata Alves, agente de prevenção em um equipamento público de saúde e vice-presidente da ONG Conviver é Viver, que atua com prevenção e acolhimento na região do Jardim Ângela (zona Sul de São Paulo).

Você pode ouvir no anchor, no spotify, nas principais plataformas de áudio ou clicando abaixo.

No programa, Andreará e Tabata falam do preconceito, da desinformação, diferentes formas de abordar o assunto e a busca pessoal pela vida plena estando com HIV, em meio a efeitos colaterais dos remédios e outras formas de tratamento.

“Principalmente o jovem, quando descobre que tá infectado, um deles a primeira coisa que me perguntou foi: ‘eu não vou nem conseguir faculdade?’”, exemplifica Tabata, que descobriu a infecção pelo vírus há 16 anos.

Resgate

O programa é um resgate da entrevista realizada em dezembro de 2019 no programa “Quebra das Ideias”, transmitido ao vivo nas redes sociais da Periferia em Movimento. Confira abaixo na íntegra.

Agora, a produtora independente de jornalismo de quebrada resgata algumas dessas conversas para distribuir em um formato que pode alcançar novos públicos. O envio é feito, inclusive, pelo whatsapp (clique aqui para receber também via celular).

Além de Aline Rodrigues, o podcast conta com redação de Thiago Borges, roteiro e a edição de áudio de Paulo Cruz e adaptação para vídeo de Pedro Ariel Salvador. A equipe também é composta por Camila Lima, Karina Rodrigues e Laís Diogo.

Autor

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Comente usando o facebook

Nosso manifesto:

Nossas redes sociais:

Notícias recentes:

1 Comentário

  1. […] Tabata Alves, de 44 anos, é mãe de 2 filhos e já planeja o terceiro. Porém, durante boa parte da vida, o desejo da maternidade esteve adormecido. Ela começou o caminho da maternidade querendo ser madrinha de Everton, mas foi surpreendida com o afeto que naturalmente foi criando com o então adolescente. Aos poucos, percebeu que “ele parece que nasceu para ser meu. O jeito, as características físicas e psicológicas”, conta. […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Confira também

Posts relacionados:

Apoie!
Skip to content