Resistência à escravidão teve emboscadas no rio e esconderijo na igreja, lembra líder quilombola

Resistência à escravidão teve emboscadas no rio e esconderijo na igreja, lembra líder quilombola

Paulo Cruz

Paulo Cruz

Confira o primeiro episódio da série de áudios "Da Quebrada ao Quilombo", com a participação do agricultor e líder quilombola Zé Rodrigues

Captação, roteiro e edição de áudio: Paulo Cruz. Texto por Thiago Borges. Fotos: Pedro Ariel Salvador e Vitori Jumapili

Travessias de barco, emboscadas a brancos invasores e esconderijo na igreja: essa é a história real, passada de geração para geração, da resistência à escravidão no interior de São Paulo. E neste primeiro episódio da série de áudios Da Quebrada ao Quilombo, ouvimos essa história por seu Zé Rodrigues, de 62 anos. O agricultor é uma importante liderança quilombola de Ivaporunduva, comunidade que no século 17 conquistou sua liberdade antes da falsa abolição, em 1888.

Ouça abaixo:

Em abril de 2021, a Periferia em Movimento visitou o Quilombo de Ivaporunduva, no Vale do Ribeira, interior de São Paulo. Nós relatamos essa experiência aqui. E com Da Quebrada ao Quilombo, apresentamos uma série de 6 episódios  com falas de quem vive e constrói a comunidade.

Confira abaixo algumas fotos da vivência com seu Zé Rodrigues, que explicou ainda como funcionava o garimpo de ouro:

“Escambos Periféricos – Da quebrada ao quilombo” é uma atividade que aconteceu no âmbito do Repórter da Quebrada – Uma morada jornalística de experimentações, projeto da Periferia em Movimento realizado com apoio do Fomento à Cultura da Periferia da Secretaria Municipal de São Paulo.

Colaboração

, , ,

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Comente usando o facebook

Nosso manifesto:

Nossas redes sociais:

Notícias recentes:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Confira também

Posts relacionados:

Apoie!
Skip to content