#Memória2015: Contra a reorganização do ensino, os estudantes deram aula!

#Memória2015: Contra a reorganização do ensino, os estudantes deram aula!

Periferia em Movimento

Periferia em Movimento

Em 2015, os estudantes nos ensinaram que na luta por um ensino público de qualidade #NãoTemArrego!

Em 2015, os estudantes nos ensinaram que na luta por um ensino público de qualidade #NãoTemArrego!

O projeto de reorganização escolar do governo do Estado não ouviu a população e foi divulgado pouco a pouco no segundo semestre do ano. O fechamento de 94 escolas e transferência de mais de 300 mil estudantes e professores só tem um interessado: o governo e seu projeto de corte de gastos e privatização do ensino.

Após tentativas fracassadas de negociações, os estudantes, unidos, fizeram a pressão acontecer. Ocuparam as escolas contra a #DesorganizaçãoEscolar, transformaram os espaços de aprendizado, deram aulas nas ruas, enfrentaram a repressão policial e abalaram as estruturas do Estado: Geraldo Alckmin voltou atrás e suspendeu o projeto, e o Secretário da educação, Herman Voorwald, deixou o cargo.

Veja a nossa cobertura sobre o movimento que ocupou e transformou escolas contra a #ReorganizaçãoEscolar.

#Retrospectiva2015 #Memória2015 #Periferia #PeriferiaemMovimento #OcupaEscola #NãoTemArrego

 

 

Autor

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Comente usando o facebook

Nosso manifesto:

Nossas redes sociais:

Notícias recentes:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Confira também

Posts relacionados:

1 mês de aulas presenciais: Novas dificuldades se somam a problemas pré-pandemia, denuncia coletivo de educação da periferia

Infraestrutura precarizada, salas lotadas e falta de pessoal suficiente para trabalhar já eram problemas vividos no dia a dia da escola pública antes da pandemia de coronavírus. E com a volta às aulas totalmente presenciais, em fevereiro, o desafio ganhou uma nova camada de dificuldades com a necessidade de readaptação de estudantes, a defasagem na aprendizagem e os cuidados extras pra evitar a contaminação

Apoie!
Skip to content