Estudantes prometem paralisar escolas e ocupar ruas contra Reforma do Ensino Médio

Proposta do governo federal organiza currículo por “áreas de conhecimento”, torna apenas Português e Matemática disciplinas obrigatórias e permite até ensino à distância

Educação pública em xeque

Estado corta investimentos em um sistema já sucateado, enquanto surgem propostas que podem prejudicar a população mais pobre. Como educadores e agentes culturais das quebradas resistem e apontam alternativas?

No Campo Limpo, encontro discute protagonismo das meninas no movimento secundarista

Pedagogia da Periferia: ocupações, PEC 241 e as ameaças à educação

Encontro no Jardim Ângela também aborda a lei 10639, a reforma do Ensino Médio e o projeto Escola Sem Partido

Ocupação, greve e repressão: as Fábricas de Cultura estão fervendo

Contra o sucateamento de equipamentos culturais nas quebradas, aprendizes ocupam e os educadores fazem greve. A Poiesis, que recebe dinheiro do Governo de Geraldo Alckmin, reprime a molecada enquanto persegue e demite trabalhadores

“Encremca”: encontro de secundaristas discute lutas, formação de grêmios e situação de escolas

Objetivo é mobilizar crianças e adolescentes na luta por uma educação que corresponda às demandas de estudante com mudanças de baixo para cima

Resistência: Coletivo Perifatividade lança livro e documentário produzido por secundaristas

Neste sábado, coletivo do Fundão do Ipiranga apresenta “Perifatividade nas escolas: A poética dos Direitos Humanos”

Cinema à margem da Billings exibe documentário sobre ocupações nas escolas

No Extremo Sul de São Paulo, Cine OCA exibe neste sábado o filme “Ocupe-se”, gravado na onda secundarista do final de 2015

“Mexer com os estudantes é mexer com Satanás!”

No Extremo Sul de São Paulo, estudantes se somam à luta de secundaristas de todo Estado ampliando as pautas de reivindicação: eles querem a volta do transporte escolar gratuito

Volta às aulas: não tá tranquilo, mas pode ser favorável

Mil salas fechadas, vagas negadas, alunos perseguidos: apesar da tensa volta às aulas, estudantes que ocuparam escolas esperam um ano favorável à luta contra a reorganização

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: