#AgostoNegro: um ano depois de chacina em Osasco e Barueri, movimentos seguem na luta contra o genocídio

Familiares e organização fazem atos para relembrar o caso na sexta e no sábado. E, ao longo do mês, uma série de ações nas quebradas de São Paulo denuncia o genocídio que segue em curso

Um mês após chacina, protesto questiona: Quem matou 19?

A ONG Rio de Paz convoca protesto na avenida Paulista para lembrar um mês da chacina que deixou ao menos 19 mortos na periferia de Osasco e Barueri

ALERTA! Coronavírus e as quebradas

Confira nossa cobertura

Apoie nossa cobertura jornalística

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: