#Memória2015: Dos quilombos às quebradas, cultura e identidade mais fortes

(foto: Divulgação/Percubeat)

2015 foi o ano de conhecer e fortalecer ainda mais as manifestações culturais marginais e periféricas, expressões nossas e para nós, sobre nossas raízes e identidade.

Coletivo Percubeat dança em escolas do Extremo Sul para ensinar de História a Matemática

(foto: Divulgação/Percubeat)

Elen Soul e Fernando SA batalham por mais estrutura para a dança de rua, manifestação cultural ainda pouco reconhecida e apoiada, e que pode ser instrumento de aprendizado