10 anos, 84 teses e as mães das periferias ainda perdem seus filhos para a polícia

Os Crimes de Maio completam 10 anos, e para as Mães de Maio a luta continua segmentada: “Chegou a hora dos acadêmicos acordarem pra vida e ajudarem na revolução”, afirma Debora Silva

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: