“80 tiros em nós!”: após execução de Evaldo Santos, movimentos convocam ato contra genocídio negro

Sete dias após o Exército Brasileiro fuzilar o carro de uma família negra e matar músico de 51 anos, protesto denuncia genocídio negro em São Paulo

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: