Matheus Freitas: Presente!

Familiares, amigos e moradores do Jardim Novo Horizonte voltam às ruas – dessa vez, para homenagear o universitário negro de 24 anos que morreu após ser baleado por PM dentro de uma escola

49 dias sem Yago Ikeda: “Foi morto por ser preto”

Moradores do Grajaú e familiares de adolescente morto por PM protestam contra o genocídio de jovens negros das periferias

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: