“Tá metido com droga”: A quem serve a proibição dos entorpecentes?

A chamada “guerra às drogas” faz parte do plano genocida do Estado, que mantém uma “pretominância” nos índices de homicídio e encarceramento da população

Nenhum a menos: Semana de lutas contra a violência do Estado

Do Massacre do Carandiru a Ayotzinapa: até dia 03, movimentos sociais promovem série de ações para denunciar e discutir a violência do Estado.

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: