Nudes vazados nas redes: uma questão de gênero que é anterior à internet

A disseminação de fotos íntimas sem consentimento é prática antiga de uma cultura machista

#Memória2016: Corpos transgressores contra toda a violência sexual e de gênero

Este foi um ano em que casos de violência contra a mulher ganharam grande visibilidade e geraram debates em todo o País. E também de luta pela mudança, dos corpos que transgridem essa lógica

“Quintal das Minas”: coletivo organiza festa e debate cultura do estupro

Coletivo As Resenheiras promove segunda edição de encontro de mulheres em Taboão da Serra

Cultura do estupro: violência começa na infância, migra pra internet e a vítima ainda é culpada

70% das vítimas de estupro são crianças e adolescentes: as violações acontecem em casa, ganham novas formas como o “TOP 10 do Whatsapp”, se naturalizam no cotidiano e são perpetuadas com o silêncio de quem poderia ajudar

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: