Quebra das Ideias: Dos povos das florestas às periferias urbanas, como construir perspectivas de futuro em um cenário de aparentes escombros?

O que esperar de 2020 – Com Olívio Jekupé, da aldeia guarani Krukutu, e Glória Maria, de Paraisópolis

Na semana dos Direitos Humanos, Paraisópolis marcha contra o genocídio

Outras atividades abordam questões das mulheres negras e periféricas, violência e prisões sem provas

ALERTA! Coronavírus e as quebradas

Confira nossa cobertura

Apoie nossa cobertura jornalística

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: