Em 2017, a PM enquadrou 2,5 mil pessoas por dia. Mas será que é isso mesmo?

Dados obtidos pelo Periferia em Movimento por meio da Lei de Acesso à Informação mostram redução de abordagens em comparação a 2015; especialistas e militantes contestam metodologia da Polícia

Enquadro: o que a Polícia pode ou não pode fazer?

Mãos pra trás, cabeça baixa, tem passagem, mexe com droga, sim senhor, não senhor, circulando… Expressões comuns numa abordagem, e que os entrevistados repetiram. Isso quando não rola assédio, agressão ou até ameaça. Apesar de comuns, tais atitudes não podem ser naturalizadas

Quando o enquadro vira sequela

Levantamento do Comitê Juventude e Resistência e da DRE do Campo Limpo revela que o esculacho policial é cotidiano para parte significativa da população

%d blogueiros gostam disto: