Samba da Vela: há 15 anos mantendo acesa a chama da música popular

Acendeu a vela, o samba começou.

Fundado em 2000 por quatro sambistas da região de Santo Amaro, zona Sul de São Paulo, a Comunidade Samba da Vela comemora 15 anos nesta segunda-feira (20 de julho), no Clube Banespa.

A roda de samba surgiu com objetivo de resgatar e dar visibilidade aos compositores de samba tradicional, como o de terreiro e partido alto, entre outras vertentes.

“Além disso, é uma forma do compositor mostrar sua obra diretamente para o público”, conta Chapinha, que há 32 anos ingressou no samba por meio da Vai Vai e é um dos criadores do Samba da Vela.

A cada semana, pelo menos 25 compositores comparecem à roda de samba. Em 15 anos de existência, mais de 300 compositores foram revelados e 1,5 mil canções lançadas, o que tem ajudado a renovar o samba paulistano. Algumas dessas músicas foram gravadas por artistas renomados, como Jair Rodrigues e Beth Carvalho.

Não há venda de comes e bebes. A música é protagonista e o batuque só acaba quando a vela que fica no meio da roda se apaga.

Anotaí!

Samba da Vela – 15 anos

Quando? Segunda, 20 de julho, às 20h

Onde? No Esporte Clube Banespa – Av. Santo Amaro, 5355 – Zona Sul de São Paulo

Mais informações aqui.