Com duração de um único dia ou extensão ao longo dos próximos meses, a Periferia em Movimento indica 07 iniciativas de formação e aprendizagem em diferentes assuntos e perspectivas, oferecidos gratuitamente por coletivos e movimentos em periferias da Zona Sul de São Paulo.

Confira como participar:

01. Anarquismo Periférico e o futuro do nosso povo

Neste sábado (14/09), o Comitê Mestre Moa de Katendê e o coletivo Dona Maria Antifascista debatem a luta anarquista na periferia e seus rumos em tempos sombrios. A aula-debate vai abordar a história do anarquismo no Brasil e no mundo, suas vertentes e o papel na luta antifascista ao redor do mundo.

O objetivo é fugir dos modelos dos Estados Unidos e Europa, frisar a trajetória latinoamericana e das periferias da brasileiras para construir um trabalho de base eficaz e duradouro a partir das quebradas.

Das 15h às 19h, na favela da rua Pedro Faber, que fica próxima ao Metrô Capão Redondo.

02. Desenho para crianças e celular pra 3ª idade

Como parte de seu projeto “Histórias e Memórias do Grajaú”, o coletivo Expressão Cultural Periférica promove desde o início do ano uma série de oficinas na região. E neste sábado, 02 novas turmas começam.

Das 10h às 12h30, no espaço cultural ECP, o artista Will Mangraff inicia um curso de desenho para crianças de 10 a 15 anos que querem aprender ou aperfeiçoar suas técnicas. As inscrições devem ser feitas pelo whatsapp (11 958546101). O espaço fica na rua Boaventura Ferreira, 159 – Jardim Reimberg.

No mesmo horário, começa a oficina “Melhor idade na era do celular”, que tem como objetivo desenvolver habilidades do público mais velho com o celular, utilizar redes sociais, usar aplicativos de músicas e fotos, interagir e fazer novos amigos. A atividade acontece até 19 de outubro, na unidade da Aldeias Infantis SOS Brasil que fica na rua Manuel Alves Soares, 712 – Jardim Colonial.

Roger BeatJesus

04. Oficina de fanzine

Fanzine é uma arte urbana de recorte e colagem que promove reflexão e ação de pensamentos, práticas e projeções futuras. Com uma linguagem atual e dinâmica, essa prática antiga pode ser um canal de aproximação e interação entre gerações.

A oficina promovida pelos Contadores do Reino será facilitada pelo zineiro Roger BeatJesus, do coletivo Sarau Comics Edition, e acontece das 14h às 15h30 deste sábado (14/09) na Escola Estadual Esther Garcia, que fica na avenida Antonio Carlos Benjamin dos Santos, 858 – Jardim São Bernardo, Grajaú, Extremo Sul de São Paulo. Saiba mais aqui.

DJ Vivian Marques no Mjiba

05 e 06. Oficinas de MC e DJ

Depois de discutir a presença da mulher periférica na música, o 1º Andar Studio e Produções dá sequência ao projeto “Seja Independente ou Morra” com a abordagem do Hip Hop como ferramenta na luta contra o racismo. E como parte desse ciclo, o grupo recebe inscrições para 02 oficinas.

A partir do dia 20 de setembro até 11 de outubro, Lews Barbosa trabalha a reescrita da nossa história na oficina de rimas. Essa atividade acontecerá sempre às sextas-feiras, das 18h às 23h.

E aos sábados, entre 28 de setembro e 19 de outubro, Vivian Marques aborda a história da música negra contada pelo vinil na oficina de DJ. A atividade ocorrerá das 14h às 19h.

O 1º Andar Studio e Produções fica na rua Tapiraípe, 231, no Jardim das Imbuias. Para participar das oficinas, é preciso se inscrever por e-mail ([email protected]) ou Whatsapp (11 96293-5514).

Atividade da Eparreh

07. Agroecologia e Educação Ambiental

A ecocooperativa socioambiental Eparreh se junta à Horta Cores e Sabores, uma iniciativa da Associação Capão Cidadão, para abordar práticas de agroecologia na quebrada.

Voltada principalmente a moradores de todas as idades do Capão redondo, Jardim Ângela e Jardim São Luis e Campo Limpo (com a possibilidade de participantes de outras regiões), o curso vai abordar técnicas de cultivo e conservação de sementes, compostagem, plantas alimentícias não-convencionais (PANCs), atividades de educação ambiental, montagem de canteiro, adubação e semeadura, entre outros temas.

Os encontros acontecerão sempre às quintas-feiras, entre 19 de setembro e 21 de novembro, das 09h às 12h, na própria horta – que fica na rua Gastão Raul de Forton, 401, Jardim Ipê. Para participar, é necessário se inscrever por meio de formulário on-line.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: