Sábado de luta e poesia nos saraus do Extremo Sul No Cantinho do Céu, na Ilha do Bororé e em Parelheiros tem prosa, vídeo, exposição, música e muita literatura. Anotaí!

Neste sábado (23 de julho), saraus propiciam novas possibilidades de trocas em diferentes pontos do Extremo Sul de São Paulo.

A partir das 15h, no Cantinho do Céu, o Núcleo Pele de investigação teatral promove sua primeira Sarauficina com uma roda de conversa sobre a mulher periférica no trabalho, com a participação de Tatiana Monte, Marina Vechione, Mayra Lourenço e Elânia Francisca. E, na sequência, espaço aberto para quem quiser compartilhar uma poesia, música, dança ou arte visual. Vai rolar no espaço de teatro do CEU Navegantes, localizado na rua Maria Moassab Babour, sem número. Saiba mais aqui.

Mais tarde, às 19h, na Ilha do Bororé, o já tradicional Sarau de Cordas recebe a cantora Luana Bayô e o escritor Ni Brisant, que lança a versão em espanhol de seu livro “Se eu tivesse um dicionário”. Também tem a exposição “Papel com Terra”, em que o artista Everaldo Costa apresenta suas obras feitas com tintas criadas a partir da terra. E tudo acontece na Casa Ecoativa, localizada na Estrada de Itaquaquecetuba, 7225. Clique aqui para mais informações.

No mesmo horário, na Praça de Parelheiros, o Sarauê (em destaque na foto de Erivelton Sousa) recebe o bonde do Sarau do Grajaú, que vai apresentar e trocar uma ideia sobre o documentário “Grajaú em Foco”, um recorte sensível da cena poética da periferia. Mais informações aqui.

Anotaí!
O quê?

Saraus no Extremo Sul

Quando? Sábado, 23 de julho, a partir das 15h
Onde?
Entre os distritos de Grajaú e Parelheiros - Extremo Sul de São Paulo
Adicionar à agenda do Google
  • Joziane Soares de Sousa

    Em nome do Sarauê quero expressar a nossa imensa gratidão pela divulgação!!!