Nesta terça-feira (17 de maio), o Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedeca) Interlagos realiza o seminário “Prevenir e Cuidar: Prevenção, Escuta e Intersetorialidade no Enfrentamento à violência Contra Criança e Adolescente”.

A atividade encerra mais um ciclo da campanha “Todo dia é dia 18”, promovida pela organização com objetivo de levar a discussão do abuso e da exploração sexual infanto-juvenil a diversos territórios do Estado de São Paulo. No dia do evento, será lançada uma cartilha para apoiar a identificação e orientar o que fazer em casos de violência sexual contra crianças e adolescentes.

O dia 18 de maio foi estabelecido como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes para mobilizar a sociedade brasileira contra a violação dos direitos sexuais de menores de idade. Em 1973, neste dia, a menina Araceli de 8 anos foi sequestrada, violentada e assassinada em Vitória (ES). Seu corpo apareceu seis dias depois, carbonizado, e os agressores nunca foram punidos.

No Extremo Sul paulistano, o Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedeca) Interlagos transformou depoimentos  em instrumento de denúncia e sensibilização. Foram lançados 12 cartazes – um por mês – com uma frase e uma ilustração produzida pela artista Evelyn Queiroz, conhecida como Negahamburguer. Os cartazes deram fruto a uma exposição que circulou por diferentes locais. Saiba mais sobre a campanha aqui.
Cronograma:

8:00 – 8:45 : Credenciamento e Café da Manhã
9:00 – Abertura
12:00 – Encerramento

 

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

× Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: